Home Empresas Amazon assina acordo com SpaceX para lançar foguetes Falcon 9 para projeto Kuiper

Amazon assina acordo com SpaceX para lançar foguetes Falcon 9 para projeto Kuiper

A Amazon pretende construir o Kuiper como uma constelação de 3.236 satélites em órbita baixa da Terra

por Reuters
0 comentário

A Amazon (AMZN; AMZO34) assinou um acordo com a SpaceX para lançar três foguetes Falcon 9 de Elon Musk em apoio aos planos de implementação de seu Projeto Kuiper, anunciou a gigante do comércio eletrônico nesta sexta-feira.

O Kuiper é a rede de banda larga via satélite de baixa órbita da Amazon, projetada para acomodar vários provedores de lançamento e veículos. A empresa anunciou o projeto em 2019, no mesmo ano em que a SpaceX começou a implantar suas primeiras espaçonaves operacionais Starlink.

A Amazon pretende construir o Kuiper como uma constelação de 3.236 satélites em órbita baixa da Terra. O primeiro par de satélites protótipos para o projeto, que é sua unidade de internet via satélite, foi lançado com sucesso em 6 de outubro.

O Starlink da SpaceX também tem como objetivo oferecer internet banda larga globalmente com sua constelação de 5 mil satélites.

“O ponto mais óbvio é o reconhecimento de que a SpaceX é de longe a líder em termos de transportar hardware para o espaço”, disse Brian Mulberry, gerente de portfólio de clientes na Zacks Investment Management, que tem uma participação na Amazon.

“Há obviamente a Blue Origin e alguns outros concorrentes… eles simplesmente não conseguiram alcançar o tipo de sucesso regular que a SpaceX teve.”

Os lançamentos do Falcon 9 estão programados para ocorrer a partir do meio de 2025, afirmou a Amazon, acrescentando que pretende iniciar a fabricação de satélites no primeiro semestre de 2024.

“Esperamos ter satélites suficientes implantados para iniciar testes-piloto com clientes no segundo semestre de 2024”, disse a empresa.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.