Se você já é um leitor assíduo do Dinheirama, ou um praticante da educação financeira como um estilo de vida, então você deve saber como é importante fazer bons investimentos, para alcançar os seus objetivos.

O problema é que há diversas opções de investimento, tanto na renda fixa como na variável. Selecionar os melhores ativos pode ser um desafio para muita gente.

Afinal, a decisão que você toma sobre como administrar o seu dinheiro é o que vai deixá-lo mais próximo ou mais distante de conquistar suas metas financeiras e realizar os seus sonhos que dependem disso.

Nesse caso, poder simular em poucos segundos quais são os melhores investimentos, e ter em mãos uma carteira pronta e criada de acordo com o seu perfil de investidor, seria muito útil, certo? E isso é possível!

Simule seus investimentos e descubra a melhor carteira para você

Para te ajudar, vamos te mostrar abaixo como você pode fazer a sua simulação, utilizando o simulador Alkanza. Ah, o seu uso é gratuito, então pode simular à vontade.

Se você ainda não sabe, a Alkanza é um robô advisor. Se você precisar entender melhor o que é isso, basta clicar aqui, e você será direcionado para um texto explicativo, aqui mesmo no Dinheirama.

Para começar a criar a carteira ideal para o seu objetivo, é só escolher um destes descritos abaixo:

Aprenda como fazer uma simulação dos seus investimentos

Vamos considerar que você escolheu o item “Casa”. Então você verá esta mensagem na tela, para fornecer alguns dados para o simulador:

“Saiba como investir para ter a casa dos seus sonhos! Conte-nos quando você quer comprar uma casa, o valor necessário e recomendaremos o investimento ideal para você.”

Basta clicar no botão “Definir o seu plano” para prosseguir, e responder apenas 4 perguntas rápidas.

Aprenda como fazer uma simulação dos seus investimentos

Após responder as perguntas, você verá primeiro uma prévia do seu planejamento ao longo dos anos, para saber se conseguirá ou não alcançar seus objetivos no tempo desejado.

Em seguida, terá seu relatório completo, mostrando como o seu portfólio será distribuído. Isso inclui cada classe de ativos (produtos financeiros para investimento) e tudo numa apresentação gráfica visual bem bacana!

Agora é a sua vez de experimentar!

Se você achou interessante essa possibilidade de simulação através de um robô de investimentos, agora é a sua vez de experimentar!

Basta você clicar aqui, que será direcionado para a página com o nosso simulador!

Lembre-se: simular é uma tarefa interessante, divertida e muito importante, pois faz parte do seu planejamento financeiro. No entanto, nada irá acontecer se você não partir para a prática.

Então, assim que estiver seguro sobre seus objetivos e recursos financeiros, comece a executar (na prática) o seu plano! A vida só acontece para quem está disposto a tomar as rédeas e entrar em ação.

Ah, e se você gostou do simulador, compartilhe com familiares e amigos! Afinal, cuidar do próprio dinheiro é coisa séria! Desejamos muito sucesso à você! Abraços e até o próximo!

Nota: Esta coluna é mantida pela Alkanza, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Alkanza
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários