Home Investimentos Aprendendo a investir melhor: dúvidas sobre aposentadoria e filhos

Aprendendo a investir melhor: dúvidas sobre aposentadoria e filhos

por Ricardo Pereira
0 comentário

Aprendendo a investir melhor: dúvidas sobre aposentadoria e filhosO Brasil é um país de muitas oportunidades e de vários desafios, nesse sentido a educação financeira se coloca como porta de acesso contínuo e amplo para quem busca fazer com propriedade as melhores escolhas para superar os enormes desafios do futuro. Lidar melhor com o crédito, controlar o orçamento e principalmente guardar dinheiro e escolher os melhores investimentos.

Justamente por isso, os leitores do Dinheirama sempre nos cobraram a oportunidade de conversar e conhecer um pouco mais dos profissionais que atuam no mercado com grande destaque. Ficamos extremamente satisfeitos pela parceria com a Órama, uma distribuidora de fundos exclusivos com uma proposta extremante interessante para quem procura oportunidades de acesso a fundos diferenciados com valores muito favoráveis – a aplicação inicial de todos os fundos é de apenas R$ 5 mil.

Além desse acesso facilitado aos fundos que apresentam resultados importantes no decorrer desse ano, o investidor poderá contar com profissionais de muita competência e reconhecimento no mercado. Uma dessas profissionais é a Sandra Blanco, consultora de investimentos e autora de livros de finanças e investimentos. A Sandra gravou um novo vídeo exclusivo para o Dinheirama, respondendo a algumas dúvidas que vocês, caros leitores, nos encaminharam:

  • Qual o melhor caminho para quem busca a aposentadoria e tem um horizonte de mais de 30 anos?
  • Teremos um filho em breve e gostaríamos de encontrar um investimento que fosse seguro e que ao mesmo tempo rendesse mais do que atualmente encontramos no Brasil com a renda fixa. Para onde devemos seguir, pensando que a ideia é usar esse dinheiro para a universidade?
  • Os fundos imobiliários são realmente vantajosos?
  • Qual a diferença entre taxa de administração e taxa de performance?

Assista ao vídeo e confira as respostas da Sandra:

https://www.youtube.com/watch?v=KdC-nrx5D2M

Estamos convencidos de que o modelo proposto pela Órama é extramente positivo. Por que é tão interessante? É simples: se você decidir buscar diretamente os fundos a que eles dão acesso, terá que ter de R$ 50 mil a R$ 500 mil para o aporte mínimo inicial. Ou seja, com muito menos que isso você terá acesso aos melhores e mais reconhecidos gestores de fundos do país.

Se você ainda tem dúvidas ou procura por uma consultoria personalizada, a Órama disponibiliza um canal direto com a Sandra, o “Fale com a Sandra!”. Acesse www.orama.com.br e envie sua pergunta.

No decorrer dos próximos dias vamos continuar próximos aos amigos da Órama oferecendo ainda mais conteúdo de qualidade. Fique de olho! Até lá.

Foto de sxc.hu.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.