Você nasceu, curtiu sua infância e de repente se viu adolescente tendo que administrar pouco, algum ou muito dinheiro. Foi aí, neste momento (ou quem sabe um pouco antes), que as mentiras começaram.

Sim, mentiram a vida inteira para você e agora tudo aquilo em que você sempre acreditou será levado artigo abaixo. Será que você está preparado para a verdade? Ah, as mentiras estão ranqueadas das mais brandas para as mais graves.

Mentira 5: Orçamento é coisa de pobre

Oi? Se ninguém nunca te contou essa mentira, que bom! Pelo menos dessa você se safou. Mas a verdade é que muita gente acredita piamente que planejar o orçamento, colocar ganhos, gastos e investimentos no papel é coisa de gente que precisa contar trocados no fim do mês.

Mentira, e das grandes. Os homens mais ricos do mundo fazem o próprio orçamento ou contratam quem o faça (com números que não cabem na calculadora, é verdade), analisam os ganhos, as perdas, observam o mercado e tomam decisões que vão multiplicar ainda mais o já abastado patrimônio.

Se você nunca parou para fazer o próprio orçamento, essa é a hora de passar a ter controle sobre a sua própria vida financeira.

Mentira 4: Independente financeiramente é quem pode pagar as próprias contas e não depende de ninguém

Quem conta essa mentira deveria ser preso por atentado violento à verdade (eu daria pena de, no mínimo, uns 5 anos). Se você já caiu nessa balela, quero te convidar ao esclarecimento da veracidade dos fatos: independente, como o próprio adjetivo diz, é quem não depende.

Ou seja: não depende do salário, nem da empresa, não depende dos parentes, não depende do marido, não depende da esposa, não depende dos filhos e assim por diante. Fico particularmente incomodada com essa mentira porque ela gera uma falsa sensação de segurança que, no futuro, se transforma na derrocada de grandes profissionais, pais, avós, amigos e etc.

Quem acredita na mentira da independência baseada no salário que ganha hoje vai se surpreender negativamente na hora em que for arrebatado pelo tempo. Acredite, o tempo vai chegar e quando isso acontecer tudo o que você vai querer é ser independente de verdade.

Para ficar claro: só é independente financeiramente quem pode viver apenas das receitas geradas pelo capital investido ou da receita gerada com o próprio patrimônio. Para resumir: é aquele sujeito que pode decidir se vai ou não continuar trabalhando sem colocar o próprio padrão de vida em jogo.

Mentira 3: O barato sai caro

Quem espalha essa mentira por aí talvez nunca tenha comprado barato e não faz a menor ideia se sai caro mesmo. A verdade é que o caro pode sair caro e o barato também pode sair caro se você não souber comprar. Discriminar um produto pelo preço é a premissa do preconceito e da preguiça.

Dá trabalho pesquisar preço e qualidade, por isso é mais fácil mentir para os outros e para si mesmo. Por experiência de alguns anos aplicando a educação financeira na minha vida e no Me Poupe posso afirmar com convicção: o barato só sairá caro se você não se empenhar em buscar o melhor custo-benefício.

Prova disso são produtos de limpeza de marcas desconhecidas, produzidos pelos mesmos fabricantes das grandes marcas. Olhe o rótulo e você vai ficar boquiaberto, pensando: “como eu pude ser tão ingênuo”?

Mentira 2: Quem trabalha muito não tem tempo de ganhar dinheiro

Se alguém te disse isso para justificar tudo o que gostaria de realizar, mas nunca teve condições, sinto muito lhe dizer: essa pessoa mentiu. O indivíduo que trabalha com foco, determinação, planeja as ações e gerencia o próprio tempo ganha dinheiro, depois o multiplica, ganha mais e multiplica de novo. Simples assim.

Mentira 1: Dinheiro não traz felicidade

As pessoas adoram contar essa mentira por aí, principalmente as que nunca tiveram dinheiro. Longe de mim afirmar que o dinheiro é o único caminho para a felicidade, mas se apoiar em uma máxima que nem sequer foi comprovada é participar do jogo da mentira e deixar de se permitir tentar ser feliz com mais recursos.

Você sabe, a mentira tem perna curta e você só vai saber disso quando provar aos mentirosos que estavam todos enganados.

Se não há mais espaço para as mentiras na sua vida, convido você a pesquisar mais sobre o mundo do planejamento financeiro lá no Me Poupe! É barato, não sai caro, dá pouco trabalho e ainda pode trazer felicidade. Até a próxima!

Foto: Closeup portrait elderly, shocked senior business man, Shutterstock.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários