Home Economia e Política Atividade empresarial da zona do euro volta a crescer em março, mostra PMI

Atividade empresarial da zona do euro volta a crescer em março, mostra PMI

O índice composto de produção futura saltou de 60,5 para 61,8, um nível que não era observado há mais de dois anos

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Washington Alves)

A atividade empresarial da zona do euro expandiu no mês passado pela primeira vez desde maio de 2023, mas a recuperação foi desigual, com um aumento mais forte do que o esperado no setor de serviços compensando uma queda mais profunda no setor industrial, segundo uma pesquisa.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI) Composto do HCOB para a união monetária, compilado pela S&P Global e visto como um bom indicador da saúde econômica geral, subiu para 50,3 em março em relação a 49,2 de fevereiro e estimativa preliminar de 49,9.

Esse salto fez com que o índice voltasse a ficar acima da marca de 50 que separa o crescimento da contração.

“Finalmente algumas boas notícias de novo. O setor de serviços da zona do euro está gradualmente encontrando seu lugar, com a atividade se estabilizando em fevereiro e mostrando sinais de crescimento moderado em março”, disse Cyrus de la Rubia, economista-chefe do Hamburg Commercial Bank.

O PMI de serviços saltou de 50,2 para 51,5, acima da estimativa preliminar de 51,1 e sua leitura mais alta desde junho.
Isso aconteceu depois que uma pesquisa semelhante, divulgada na terça-feira, mostrou que a retração no setor industrial se aprofundou no mês passado, embora tenha mostrado alguns sinais preliminares de recuperação.

A demanda por serviços aumentou, com o índice de novos negócios ficando acima do ponto de equilíbrio, passando de 49,8 para 51,4.

“É particularmente encorajador observar que o volume de novos negócios retomou o crescimento após um período de seca de oito meses. Espera-se que essa tendência favorável persista, alimentada pelo crescimento dos salários acima da inflação, reforçando assim o poder de compra das famílias”, acrescentou de la Rubia.

Com o retorno do setor de serviços ao crescimento, o otimismo geral em relação ao próximo ano aumentou.

O índice composto de produção futura saltou de 60,5 para 61,8, um nível que não era observado há mais de dois anos.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.