Home Empresas Ato atualiza requisitos de segurança carregadores para telefones celulares

Ato atualiza requisitos de segurança carregadores para telefones celulares

Além disso, nenhuma parte do carregador pode ter se soltado ou deformado a ponto de apresentar exposição de contato elétrico vivo

por Agência Gov
0 comentário

A Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação (SOR) publicou, na quarta-feira (17/4), o Ato Nº 5155, de 17 de abril de 2024 , que aprova a atualização dos Requisitos Técnicos e Procedimentos de Ensaio voltados à Avaliação da Conformidade de Carregador Utilizado em Telefone Móvel Celular.

A atualização foi motivada pela necessidade de adequação dos procedimentos para ensaio da resistência mecânica e térmica dos carregadores.

APRENDA COMO MULTIPLICAR E PROTEGER SEU CAPITAL INVESTIDO POR MEIO DAS CRIPTOMOEDAS E ACELERE A SUA JORNADA RUMO À LIBERDADE FINANCEIRA

Nestes ensaios, os carregadores são expostos a situações que atestam sua qualidade e durabilidade tais como: testes de queda livre, comportamento em altas temperaturas, conexão e desconexão sequencial do carregador à tomada padrão de energia elétrica, torção dos pinos do carregador, entre outros.

O principal objetivo destes ensaios é garantir a segurança do usuário. Após a sequência de testes de certificação, os pinos do carregador não devem apresentar deformações que atrapalhem ou impeçam sua correta inserção e retirada em uma tomada de energia elétrica.

Além disso, nenhuma parte do carregador pode ter se soltado ou deformado a ponto de apresentar exposição de contato elétrico vivo.

Os novos requisitos para a certificação de carregadores serão obrigatórios a partir de 14 de outubro de 2024.

Este prazo é essencial para que indústria, laboratórios de ensaio e Organismos de Certificação se adequem aos novos requisitos e procedimentos de ensaio.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.