Home Economia e Política Autoridades do Fed veem taxa básica dos EUA em 5,1% ao final de 2024

Autoridades do Fed veem taxa básica dos EUA em 5,1% ao final de 2024

Essa estimativa está de acordo com a mediana de 19 previsões incluídas no mais recente resumo trimestral das projeções das autoridades do Federal Reserve

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Reueters)

Os formuladores de política monetária dos Estados Unidos esperam que, após uma alta final da taxa básica de juros este ano, para 5,6%, terminem o próximo ano com custos de empréstimo de curto prazo em 5,1%, o que implica menos cortes nos juros do que previam há três meses.

Essa estimativa está de acordo com a mediana de 19 previsões incluídas no mais recente resumo trimestral das projeções das autoridades do Federal Reserve publicado nesta quarta-feira, juntamente com a decisão do Fed de manter sua taxa básica inalterada na faixa de 5,25% a 5,50%.

O ritmo reduzido de flexibilização da política monetária prevista para o próximo ano está em linha com o que autoridades do banco central norte-americano projetam ser um progresso misto em direção à meta de inflação de 2% do Fed.

Os formuladores de política monetária preveem agora que o índice de inflação PCE se situe em 3,3% no final deste ano, contra previsão de junho de 3,2%, em queda para 2,5% no final de 2024, em comparação com 2,5% observados em junho.

As autoridades estimam que a inflação chegará a 2,2% até o final de 2025, antes de finalmente atingir sua meta de 2,0% em 2026.

O Fed manterá a taxa no atual intervalo de 5,25% a 5,5% nessa reunião (Imagem: Reprodução/Freepik/@vwalakte)
As autoridades estimam que a inflação chegará a 2,2% até o final de 2025 (Imagem: Reprodução/Freepik/@vwalakte)

Os formuladores de política monetária ​​do Fed esperam também novas reduções na taxa básica de juros, para 3,9% até o final de 2025 acima dos 3,4% que projetaram em junho e para 2,9% até ao final de 2026.

As projeções atualizadas indicam confiança crescente em um cenário de “pouso suave” para a economia norte-americana, no qual a inflação desacelera sem queda acentuada do crescimento econômico ou forte aumento da taxa de desemprego.

As autoridades preveem que o Produto Interno Bruto dos EUA crescerá 2,1% este ano, uma melhoria notável face ao crescimento de 1,0% projetado em junho, e terá expansão de 1,5% no próximo ano.

Entretanto, a taxa de desemprego que está atualmente em 3,8% deverá atingir um pico de 4,1% em 2024, e permanecer nesse nível em 2025. Em junho, a estimativa é que o desemprego chegaria a 4,5%.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.