Home Mercados Balanços fracos compensam auxílio-desemprego acima do esperado e Wall Street tem pouca variação

Balanços fracos compensam auxílio-desemprego acima do esperado e Wall Street tem pouca variação

O Dow jones subia 0,02%, na abertura, para 39.064,27 pontos

por Reuters
0 comentário

Os índices acionários dos Estados Unidos tinham pouca movimentação nesta quinta-feira, uma vez que uma série de balanços fracos compensou o impacto dos dados que mostraram que os pedidos semanais de auxílio-desemprego aumentaram mais do que o esperado, indicando condições mais brandas no mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA aumentaram em 22.000 na semana encerrada em 4 de maio, para 231.000 em dado com ajuste sazonal, informou o Departamento do Trabalho. Economistas consultados pela Reuters previam 215.000 pedidos na última semana.

“Sempre que temos um número de emprego mais fraco e que não atende às nossas expectativas, ironicamente, isso fortalece os mercados, porque os dados foram a favor de um corte e não a um aumento dos juros”, disse Peter Andersen, fundador da Andersen Capital Management.

Na semana passada, números de criação de vagas de trabalho mais fracos do que o esperado alimentaram apostas de que o Federal Reserve cortará a taxa de juros ainda este ano.

Operadores do mercado monetário estão precificando cortes na taxa de juros dos EUA de 47 pontos-base até o final de 2024, de acordo com o aplicativo de probabilidades de taxas do LSEG, acima dos 44 pontos antes dos dados de pedidos de auxílio-desemprego.

Os dados também reduziram os rendimentos dos Treasuries de 10 anos, a referência para os custos de empréstimos globais, que haviam subido na sessão anterior e pressionado as ações.

Isso impulsionou o índice do setor imobiliário, que superou o desempenho dos setores do S&P 500. Um aumento de 12,8% na operadora de data center Equinix após seus resultados do primeiro trimestre também contribuiu para os ganhos do índice.

Mas o ânimo era limitado, já que algumas empresas divulgaram balanços decepcionantes.

A Arm Holdings, projetista de chips, caía 5,1% já que sua previsão de receita para o ano inteiro ficou abaixo das expectativas. A maior rival, a Nvidia, tinha queda marginal.

A Warner Bros Discovery caía 1,3% depois de divulgar prejuízo trimestral maior do que o esperado, uma vez que sua unidade de TV a cabo divulgou queda nas vendas de anúncios e o segmento de estúdio teve dificuldades devido às greves de Hollywood e às vendas fracas do videogame “Esquadrão Suicida”.

O Dow jones (US100) subia 0,29%, a 39.171,42 pontos. O S&P 500 (SPX) tinha alta de 0,12%, a 5.194,05 pontos, enquanto o Nasdaq (US100) recuava 0,07%, a 16.290,85 pontos

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.