Home Comprar ou Vender Banrisul: ações caem 6% com crise no Rio Grande do Sul

Banrisul: ações caem 6% com crise no Rio Grande do Sul

"Estamos particularmente preocupados com o Banrisul, uma vez que 85% dos seus empréstimos estão na região Sul", diz o Bank of America

por Gustavo Kahil
0 comentário

As ações do Banrisul (BRSR6) engatam mais um dia de forte desvalorização nesta terça-feira (7) em reação aos desenvolvimentos das chuvas no Rio Grande do Sul.

Segundo o Bank of America, até 16% da carteira de empréstimos dos 25 maiores bancos estão expostos à região Sul do Brasil (abrangendo os estados do RS, SC e PR), que respondem por 17% do PIB do Brasil.

“Estamos particularmente preocupados com o Banrisul, uma vez que 85% dos seus empréstimos estão na região Sul e 95% das suas agências estão concentradas no estado do RS”, aponta um relatório assinado pelo time de analistas liderado por Mario Pierry.

Outros bancos listados têm exposição significativa em empréstimos na região: ABC Brasil (ABCB4) (21%), XP (XP; XPBR31) (20%), Banco do Brasil (BBAS3) (18%), Nubank (NU; ROXO34) (15%) e Bradesco (BBDC4) (15%).

Exposição da carteira de crédito dos bancos na região Sul

Fonte: Bank of America

Impactos no Banrisul

O BofA avalia que os impactos negativos do Banrisul poderiam ser parcialmente compensados.

A análise ressalta que a safra de arroz já havia sido totalmente colhida e a de soja estava próxima do final da colheita, limitando o impacto sobre os empréstimos rurais (21% da carteira de crédito).

Além disso, 77% de sua carteira de crédito para pessoas físicas é garantida (principalmente crédito consignado). “O banco possui um balanço patrimonial sólido, com índice de cobertura de 246%”, pontua Pierry.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.