Viver de Renda
Home Empresas BB tem lucro de R$ 9,4 bilhões no 4º trimestre

BB tem lucro de R$ 9,4 bilhões no 4º trimestre

O resultado ficou acima das previsões compiladas pela LSEG, que apontavam lucro líquido de 9,12 bilhões de reais

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Marcello Camargo/Agência Brasil)

O Banco do Brasil (BBAS3) reportou nesta quinta-feira lucro líquido ajustado de 9,44 bilhões de reais, alta de 4,8% frente ao mesmo período do ano passado, em resultado marcado por aumento nas provisões para créditos de liquidação duvidosa para 9,983 bilhões de reais.

O Banco do Brasil reportou nesta quinta-feira lucro líquido ajustado de 9,44 bilhões de reais no quarto trimestre de 2023, alta de 4,8% frente ao mesmo período do ano anterior, em resultado marcado por aumento nas provisões para créditos de liquidação duvidosa (PCLD) para 9,983 bilhões de reais.

O resultado ficou acima das previsões compiladas pela LSEG, que apontavam lucro líquido de 9,12 bilhões de reais.

Viver de Renda

A carteira de crédito ampliada do banco de controle estatal alcançou 1,11 trilhão de reais no final de dezembro, um aumento de 10,3% frente ao final de 2022, com o índice de inadimplência de mais de 90 dias ficando em 2,9%, de 2,5% um ano antes e de 2,8% no terceiro trimestre do ano passado.

A PCLD ampliada cresceu 52,8% ano a ano e 32,8% na base trimestral, com o banco afirmando que o desempenho no trimestre foi impactado “por agravamentos de risco no segmento Empresas”.

A margem financeira bruta do BB somou 25,769 bilhões de reais, alta de 20,1% ano a ano, sendo que a margem com clientes aumentou 4,1%, para 20,16 bilhões e a margem com mercado saltou 168,1%, para 5,608 bilhões de reais.

(Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)
(Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

As receitas de prestação de serviços aumentaram 3,6%, para 8,744 bilhões de reais.

O retorno sobre patrimônio líquido (ROE) ficou em 22,5% no período de outubro a dezembro, de 22,9% no quarto trimestre de 2022 e de 21,3% no trimestre imediatamente anterior.

Guidance

O BB também divulgou projeções para 2024, com expectativa de expansão de 8% a 12% na carteira de crédito, com a PCLD ampliada estimada em 27 bilhões a 30 bilhões de reais.

Em 2023, a carteira cresceu 10,5%, dentro do intervalo previsto de 9% a 13%, enquanto a PCLD ampliada de 30,5 bilhões de reais superou o teto do guidance de entre 23 bilhões e 27 bilhões de reais.

A margem financeira bruta deve crescer entre 7% e 11%, após elevação de 27,4% em 2023, acima da faixa de aumento de 22% a 26% estimada anteriormente pelo BB.

Para as receitas de prestações de serviços, a expectativa é de crescimento de 4% a 8%, após apurar aumento de 4,6% no ano passado, perto do piso do guidance de 4% a 8%.

Banco do Brasil 4
(Imagem: Reprodução/ Hedge Top FOFII 3)

O banco também prevê um lucro líquido ajustado de 37 bilhões a 40 bilhões de reais, o que representa uma melhora ante o resultado líquido positivo de 35,6 bilhões de reais em 2023, dentro da previsão entre 33 bilhões e 37 bilhões de reais.

Payout

O BB também aprovou remuneração complementar aos acionistas, com a distribuição de 630,167 milhões de reais em dividendos e 1,75 bilhão de reais em juros sobre capital próprio (JCP), com pagamento previsto para 29 de fevereiro.

Para 2024, o conselho de administração do banco aprovou a proposta de elevação do payout de 40% para 45%.

Veja o documento abaixo:

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.