Home Economia e Política BCE pode cortar juros mais de três vezes neste ano, diz Simkus

BCE pode cortar juros mais de três vezes neste ano, diz Simkus

Simkus, fazendo alguns dos comentários mais "dovish" desde a reunião de política monetária do BCE na quinta-feira, também disse que o banco pode reduzir sua taxa de depósito de 4% em junho e julho

por Reuters
0 comentário

O Banco Central Europeu pode cortar as taxas de juros mais de três vezes este ano e as reduções não devem ser adiadas se o Federal Reserve atrasar seus próprios cortes, disse a autoridade da Lituânia no BCE, Gediminas Simkus, nesta segunda-feira.

Simkus, fazendo alguns dos comentários mais “dovish” desde a reunião de política monetária do BCE na quinta-feira, também disse que o banco pode reduzir sua taxa de depósito de 4% em junho e julho.

“Há uma probabilidade de mais de 50% de haver mais de três cortes nas taxas de juros este ano”, disse Simkus a repórteres em Vilnius. “Três cortes é uma estimativa conservadora.”

Na semana passada, o BCE colocou em jogo um corte na taxa de juros para junho, mas a presidente do BCE, Christine Lagarde, disse que o banco não estava sinalizando nenhum movimento além desse, dada a incerteza tanto para o crescimento quanto para a inflação.

Os mercados precificam apenas três cortes este ano, já que as expectativas recuaram nas últimas semanas depois que dados inesperadamente altos sobre a inflação dos EUA empurraram as apostas de corte pelo Fed para a frente.

“Vejo uma probabilidade diferente de zero de que um corte de juros também possa ocorrer em julho”, disse Simkus.

Simkus minimizou o impacto das decisões do Fed, argumentando que o BCE tomará decisões independentes e que a única questão em jogo é como uma trajetória divergente das taxas afeta a economia real.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.