Home Economia e Política Biden focará em reforma do Banco Mundial e novos financiamentos durante G20

Biden focará em reforma do Banco Mundial e novos financiamentos durante G20

O governo Biden está promovendo o Banco Mundial, fundado no final da Segunda Guerra Mundial para aliviar a pobreza

por Reuters
0 comentário
Biden também pedirá ao G20 que forneça alívio significativo da dívida a países de baixa e média renda, disse Sullivan (Imagem: Reprodução/ REUTERS/Amanda Andrade-Rhoades)

O presidente dos EUA, Joe Biden, se concentrará na reforma do Banco Mundial e pedirá a outras instituições multilaterais de desenvolvimento que aumentem os empréstimos para projetos de mudança climática e infraestrutura, durante a cúpula dos líderes do G20 na Índia, disse a Casa Branca nesta terça-feira.

“Esse é um dos nossos principais focos para o G20: cumprir uma agenda fundamentalmente para a reformulação e ampliação dos bancos multilaterais de desenvolvimento, especialmente o Banco Mundial”, disse o assessor de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, a repórteres.

O governo Biden está promovendo o Banco Mundial, fundado no final da Segunda Guerra Mundial para aliviar a pobreza, como uma contrapartida aos empréstimos da China no exterior. O novo presidente do banco, Ajay Banga, tem atuado por uma expansão dos programas de mudança climática e combate à fome, além do aumento do poder de empréstimo do banco com novas regras de financiamento e balanço patrimonial.

No final de agosto, a Casa Branca solicitou ao Congresso um financiamento adicional de 3,3 bilhões de dólares como parte de um pedido de orçamento suplementar para “expandir substancialmente o financiamento do desenvolvimento e da infraestrutura” por meio do Banco Mundial. O objetivo é oferecer aos países uma “alternativa confiável aos projetos de infraestrutura e empréstimos coercitivos e insustentáveis da República Popular da China”.

“Sabemos que essas instituições são algumas das ferramentas mais eficazes que temos para mobilizar investimentos transparentes e de alta qualidade para os países em desenvolvimento”, disse Sullivan nesta terça-feira.

“E é por isso que os EUA estão defendendo um grande esforço que está em andamento para envolver essas instituições, para que elas estejam à altura dos desafios de hoje e de amanhã.”

Biden também pedirá ao G20 que forneça alívio significativo da dívida a países de baixa e média renda, disse Sullivan.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.