Home Cripto Bitcoin atinge nível de US$ 50 mil pela primeira vez em mais de dois anos

Bitcoin atinge nível de US$ 50 mil pela primeira vez em mais de dois anos

"50.000 é um marco significativo para o bitcoin depois que o lançamento de ETFs à vista no mês passado", disse um analista

por Reuters
0 comentário

O Bitcoin (BTCUSD) atingiu o nível de 50.000 dólares nesta segunda-feira pela primeira vez em mais de dois anos, impulsionada pelas expectativas de cortes nas taxas de juros mais tarde este ano e pelo aceno regulatório do mês passado para fundos negociados em bolsa dos EUA projetados para rastrear seu preço.

A principal criptomoeda do mundo subiu cerca de 16,3% até agora neste ano, atingindo na segunda-feira seu maior valor desde 27 de dezembro de 2021. Às 12h31 (horário de Brasília), o bitcoin subia 5,58% no dia, para 50.196 dólares.

“50.000 é um marco significativo para o bitcoin depois que o lançamento de ETFs à vista no mês passado não só falhou em provocar um movimento acima deste nível psicológico chave, mas levou a uma queda de 20%”, disse Antoni Trenchev, cofundador da plataforma de empréstimo de criptografia Nexo.

As ações de criptografia também tiveram um impulso na segunda-feira, com a bolsa de criptografia Coinbase subindo 4,86% e as mineradoras de criptografia Riot Platforms e Marathon Digital subindo 11,9% e 13,7%, respectivamente. As ações da empresa de software MicroStrategy — um notável comprador de bitcoin — subiam 11,7%.

O preço do ether, a segunda maior criptomoeda, subiu 4,08%, para 2.606,60 dólares.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.