Viver de Renda
Viver de Renda
Home Comprar ou Vender Bitcoin sobe 10% na semana: veja o motivo que explica esta alta

Bitcoin sobe 10% na semana: veja o motivo que explica esta alta

"A atual subida do Bitcoin é principalmente atribuída ao fluxo negativo do ETF do GBTC da Grayscale", explica André Franco, do Mercado Bitcoin

por Gustavo Kahil
0 comentário
Bitcoin 984

O Bitcoin (BTCUSD) já acumula uma valorização de 10% nesta semana, em um movimento também acompanhado pelo Ethereum (ETHUSD).

Segundo André Franco, head do Research do Mercado Bitcoin, observa-se a acumulação de baleias indicando uma confiança crescente em ganhos de preço adicionais.

Bitcoin e Ethereum nesta semana

As baleias são pessoa ou gestoras que possuem uma grande quantidade de criptoativos.

Aumentou-se, ainda, o número de carteiras de Bitcoin com mais de 1.000 tokens, uma alta significativa em vários meses, conforme dados da Glassnode.

André Franco Mercado Bitcoin
André Franco, head de research do Mercado Bitcoin (Imagem: Divulgação/ Mercado Bitcoin)

Motivos para a alta:

“A atual subida do Bitcoin é principalmente atribuída ao fluxo negativo do ETF do GBTC da Grayscale. Este ETF vem passando por uma redução constante devido às altas taxas”, explica Franco.

Segundo ele, o interesse nos ETFs da BlackRock e da Fidelity está crescendo, enquanto os investidores retiram fundos do GBTC.

“Esse movimento está equalizando o fluxo de entrada e saída de ativos, impulsionando ainda mais o preço do Bitcoin”, conclui.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.