Home Economia e Política Blinken apela a Israel para maximizar “todos os meios possíveis” para garantir ajuda a Gaza

Blinken apela a Israel para maximizar “todos os meios possíveis” para garantir ajuda a Gaza

A fome ameaça agora a sitiada Faixa de Gaza, à medida que o fornecimento de ajuda, já drasticamente reduzido desde o início da guerra, diminuiu no último mês

por Reuters
0 comentário

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, pediu a Israel nesta terça-feira que maximize “todos os meios possíveis” para levar assistência humanitária a Gaza, dizendo que a situação atual no enclave densamente povoado é inaceitável e insustentável.

Falando antes de sua reunião com o primeiro-ministro do Catar, Mohammed bin Abdulrahman Al Thani, no Departamento de Estado, o principal diplomata dos EUA também afirmou que havia uma oportunidade agora para alcançar um cessar-fogo imediato na guerra Israel-Hamas, mas que a responsabilidade recai sobre o grupo militante palestino para se envolver nessas negociações.

“Israel tem que maximizar todos os meios possíveis, todos os métodos possíveis para levar assistência às pessoas que dela precisam”, disse Blinken, reiterando o apelo do governo Biden para que Israel abra novas passagens de fronteira para permitir a entrada de mais ajuda humanitária, algo que o país tem resistido.

“Requer mais travessias. Isso exige mais entrada de ajuda. E uma vez que a ajuda chegue, é necessário garantir que ela possa chegar às pessoas que dela precisam. Portanto, continuaremos a insistir nisso todos os dias, porque a situação como está é simplesmente inaceitável”, disse Blinken.

A fome ameaça agora a sitiada Faixa de Gaza, à medida que o fornecimento de ajuda, já drasticamente reduzido desde o início da guerra, diminuiu no último mês. Áreas inteiras do território estão completamente isoladas de alimentos. Os poucos hospitais em funcionamento de Gaza, sobrecarregados com feridos, estão agora cheios de crianças que morrem de fome.

Os comentários de Blinken foram feitos no momento em que as negociações de cessar-fogo no Cairo, anunciadas como o último obstáculo para se chegar a uma trégua de 40 dias na guerra entre o Hamas e Israel a tempo para o início do mês sagrado muçulmano do Ramadã, continuavam, mas sem avanço claro.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.