Home Economia e Política Blinken diz que poucas vezes mundo teve tantos desafios e lamenta cenas “angustiantes” em Gaza

Blinken diz que poucas vezes mundo teve tantos desafios e lamenta cenas “angustiantes” em Gaza

Blinken disse que quase nenhum dos problemas que o governo do presidente dos EUA, Joe Biden, queria resolver poderia ser enfrentado isoladamente

por Reuters
0 comentário

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, disse aos líderes empresariais e políticos em Davos, nesta quarta-feira, que não consegue se lembrar de um momento em sua carreira em que tenha havido mais desafios globais do que atualmente, citando desde a guerra em Gaza e na Ucrânia até as tensões sobre Taiwan.

Blinken disse que quase nenhum dos problemas que o governo do presidente dos EUA, Joe Biden, queria resolver poderia ser enfrentado isoladamente, ecoando os comentários feitos na terça-feira pelo primeiro-ministro chinês Li Qiang, que pediu uma maior cooperação global.

Descrevendo o conflito em Gaza como “angustiante”, Blinken disse que o necessário para resolver a situação é um Estado palestino com uma estrutura governamental “que dê às pessoas o que elas querem e trabalhe com Israel para ser eficaz”.

“O sofrimento parte meu coração”, disse ele durante uma sessão de apresentação no Fórum Econômico Mundial na estação de esqui suíça de Davos, acrescentando: “A questão é o que precisa ser feito”.

O secretário de Estado dos EUA disse que Washington está ouvindo de praticamente todos os países do Oriente Médio que desejam que os EUA estejam na mesa de negociação sobre maneiras de acabar com a guerra de Israel contra os militantes do Hamas em Gaza.

Ele disse que Washington também estava sendo procurado em outros lugares.

“Há um prêmio maior do que nunca em uma parceria com os EUA”, disse Blinken ao público do painel do Fórum.

A guerra em Gaza começou quando os militantes do Hamas invadiram o sul de Israel em 7 de outubro, matando 1.200 pessoas e fazendo 240 reféns. Segundo Israel, mais de 130 permanecem em cativeiro.

Israel respondeu ao ataque do Hamas com um cerco, bombardeio e invasão terrestre de Gaza que devastaram o pequeno território costeiro e mataram mais de 24.000 pessoas, de acordo com as autoridades de saúde de Gaza.

Não há perspectiva imediata de cessar-fogo na Ucrânia

Perguntado se havia alguma perspectiva imediata de um cessar-fogo na guerra entre a Rússia e a Ucrânia, Blinken disse que não achava que houvesse, embora os EUA estejam sempre abertos a isso.

Ele disse que, em termos de dinheiro e recursos necessários para pagar pela reconstrução da Ucrânia após quase dois anos de conflito, o setor privado estava visitando o país e o processo estava “ganhando vida própria”.

Após os comentários do primeiro-ministro chinês, Li, sobre a abertura da China ao investimento estrangeiro na terça-feira, Blinken disse que os Estados Unidos estavam lidando “de forma muito direta e clara” com Pequim sobre negócios e que, embora existam diferenças entre os dois países, também havia “lugares para cooperar mais”.

Questionado sobre as tensões em relação a Taiwan, onde o Partido Democrático Progressista (PDP), que já governa a ilha, venceu a eleição presidencial no sábado, Blinken destacou a importância do Estreito de Taiwan e disse que a ilha ocupa um lugar de destaque no mundo.

Ele disse que todos têm os mesmos interesses, especialmente devido ao papel de Taiwan na produção de chips semicondutores.

Resumindo os desafios que os Estados Unidos estavam enfrentando em todo o mundo, Blinken se baseou nas palavras do primeiro-ministro britânico Winston Churchill durante a Segunda Guerra Mundial.

“Quando se trata de coisas difíceis… quando você está atravessando o inferno, continue”, disse.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.