Home Economia e Política Blinken pede que Israel elabore plano pós-guerra para Gaza

Blinken pede que Israel elabore plano pós-guerra para Gaza

“E eu acho que isso sublinha o imperativo de ter um plano para o dia seguinte porque, na ausência de um plano para o dia seguinte, não haverá um dia seguinte”, disse Blinken

por Reuters
0 comentário

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, pediu nesta quarta-feira que Israel apresente um plano pós-guerra para Gaza e alertou que a ausência de um pode provocar ilegalidade, caos e o retorno do Hamas ao enclave.   

Blinken, falando em uma entrevista coletiva na Moldávia, disse que, embora Israel tenha conseguido atingir um sucesso real em destruir a capacidade do Hamas de repetir um ataque como o de 7 de outubro, o governo israelense agora tem que questionar se ganhos adicionais contra o Hamas serão duradouros sem um plano para o pós-guerra. 

Ele citou a dificuldade extra de o Hamas estar intimamente integrado com a população civil. 

“E eu acho que isso sublinha o imperativo de ter um plano para o dia seguinte porque, na ausência de um plano para o dia seguinte, não haverá um dia seguinte”, disse Blinken. 

“Caso contrário, o Hamas ficará no poder, o que é inaceitável. Ou, senão, teremos caos, ilegalidade e um vácuo.”

A ofensiva de três semanas de Israel em Rafah provocou uma nova onda de indignação após um ataque aéreo no último domingo iniciar um incêndio em um acampamento de um distrito na região oeste que matou pelo menos 45 pessoas. 

Israel afirmou que estava visando dois operadores de alto escalão do Hamas em um complexo e não tinha a intenção de causar fatalidades civis. 

Blinken disse nesta quarta-feira que não conseguiu verificar se armas fornecidas pelos EUA foram usadas por Israel no mais recente ataque letal em Rafah, acrescentando que quais armas foram usadas no ataque, e como, precisariam ser objeto de investigação

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.