Ganhando dinheiro com ações!No mercado de renda variável[bb] é muito comum lermos notícias sobre rendimentos adicionais ao valor da ação, em especial dividendos. Contudo, sempre surgem algumas dúvidas, inclusive sobre o que realmente são os dividendos. Você sabe o que os dividendos representam? Segundo o site da Bovespa:

“…os dividendos correspondem à parcela de lucro distribuída aos acionistas, na proporção da quantidade de ações detida, apurado ao fim de cada exercício social. O estatuto social de uma companhia pode estabelecer o dividendo mínimo a ser distribuído, desde que não seja inferior a 25% de seu lucro líquido ajustado…”

Resumindo: de ano em ano, as empresas pagam um determinado valor a quem possui suas ações até determinada data, popularmente chamada de data Ex, ou Ex dividendos. Por exemplo, se o dividendo a ser pago é de R$ 0,50 por cada papel ACAO4 e você possui 100 ações ACAO4, independente do valor do papel você receberá R$ 50,00 de dividendos, ou seja, uma parte do lucro da empresa.

Como esses termos geram alguma confusão inicial, vou tentar explicar melhor. Ex-dividendos pode ser definido como “sem dividendos”, ou seja, a partir desta data, você já não terá mais direito aos dividendos se comprar a ação. A dica é a seguinte: tenha a ação em sua carteira e “durma” com ela até o dia Ex, que é quando você já poderá vendê-la e, ainda assim, ter direito ao recebimento dos dividendos.

Vender ou não a ação no dia Ex depende da estratégia de cada pessoa. É importante deixar claro que, em boa parte dos casos, as ações tendem a desvalorizar-se no dia Ex. Você deve estar se perguntando: “mas se dividendos são um complemento, uma distribuição de lucros da empresa, ela não deveria afetar diretamente no preço da ação de forma tão impactante, correto?”. Em partes.

Conforme dito acima, a estratégia depende de cada indivíduo. Muitos estão interessados apenas no lucro dos dividendos, pouco importando se acreditam ou não na empresa. Logo, compram os papéis um dia antes da data EX, “dormem” com a ação e vendem-na no dia Ex.

Mas o que acontece quando muitos criam esse movimento de venda em massa? O valor da ação tende a cair e, algumas vezes, o lucro que será auferido com o rendimento dos dividendos não cobrirá a desvalorização da ação e as taxas de corretagem, resultando em prejuízo.

Que fique claro que isso não é uma regra, o preço da ação também pode subir, pois, como se sabe, o mercado[bb] é emocional e instável. Deve-se lembrar também de observar a liquidez da ação: quanto maior a liquidez, mais fácil será sua venda. Então, como saber se vale a pena ou não arriscar-se a fazer esse “trade”, de comprar a ação e vendê-la assim que ficar ex-dividendos?

Para tentar amenizar os riscos, desenvolvi uma planilha que simula esse investimento. Abaixo segue um pequeno demonstrativo exemplificando o funcionamento da planilha (Clique aqui para o download):

Planilha de controle de dividendos

Apenas os campos em amarelo precisam ser modificados:

  • Data Ex: serve para saber o momento certo de vender, se esta for sua estratégia;
  • Valor da Ação – Compra: quanto você pagou por cada ação no momento da compra;
  • Quantidade de compra;
  • Valor da Corretagem: esse valor varia de acordo com seu banco/corretora. No meu caso a corretagem fixa custa 15 reais. Se sua corretagem for variável, faça o cálculo separadamente;
  • Número de Corretagens: o padrão são duas: uma na compra, outra na venda;
  • Valor do Dividendo por ação: valor que será pago por cada ação;
  • Valor da Ação – Venda: por quanto você vendeu (ou venderá) cada ação.

Inserindo estes dados, algumas informações importantes são mostradas, como:

  • % do Investimento: mostra qual o percentual de lucro você terá com os dividendos em cima do valor investido. Quanto maior esse número, menor o risco de se ter prejuízo com a desvalorização da ação;
  • OV (Ordem de Venda) Mínima para Ponto de Equilíbrio: neste campo é exibido o valor sugerido para se vender a ação sem prejuízo, considerando a remuneração dos dividendos e a taxa de corretagem. Seria um valor recomendado de Stop, para ficar no 0x0;
  • Lucro/Prejuízo + Dividendos: é o resultado final da estratégia. Lembre-se que este valor é obtido apenas quando você recebe os dividendos, que têm uma data estipulada para pagamento, este podendo ser dividido em parcelas ao longo do ano.

Outra dica: no site Dividendos – AwardSpace são listadas ações com dividendos que estão por vir, bem como valor, datas ex, datas de pagamento, informações etc. Espero que tenham achado a planilha útil. Caso encontrem algum erro, avisem! Abraços e bons ganhos!

——
Fabricio von Seehausen é graduado em Marketing e está concluindo Administração pela Universidade Católica de Petrópolis. Empreteco pelo Sebrae/ONU, desenvolve marcas e identidade visual para empresas – www.von-design.com. Vem estudando o mercado acionário ao longo do tempo e é criador de um blog sobre investimento em ações small caps.

Crédito da foto para Marcio Eugenio.

Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários