Quando comprar e vender ações na bolsa de valoresPrezado leitor, após a nossa série de artigos sobre a análise técnica de ações, também conhecida como análise gráfica, já me sinto confortável e apto a discutir com você sobre indicações de compra e de venda de ações. Como sabemos, o emocional de qualquer ser humano vai totalmente contra os princípios básicos para lucrar na bolsa de valores[bb], que seriam: 1) comprar na baixa e vender na alta; e 2) minimizar o prejuízo e maximizar o lucro.

Pelo contrário, quem se deixa seguir pelo emocional sempre compra a ação já cara e a vende barata, aumentando seu prejuízo. No lucro, tende a realizá-lo de forma antecipada. Na minha opinião, o melhor jeito de racionalizar nossas operações com ações se dá com o uso das ferramentas que a análise técnica (análise gráfica de ações) nos proporciona.

Seu estudo é uma arte que nos auxilia, em muito, a racionalizar nossos investimentos na bolsa de valores, deixando de ser um jogo, uma loteria, como muitos insistem em pensar e pregar – investir em ações[bb] não deve ser como estar e apostar em um cassino.

A análise gráfica de ações não é algo complicado. Não é preciso entender de economia ou de matemática, basta aprender a interpretar figuras, desenhos. Separei, para esta semana, duas ações: uma com grande liquidez, e por conseqüência menor risco, Petrobras Preferencial (PETR4) e outra chamada “mico”, de grande risco, Laep (MILK11).

PETR4
Podemos notar que a perda da reta pescoço na figura do Ombro-Cabeça-Ombro (OCO) indicou a venda da ação com o objetivo da queda justamente quando teve a forte fuga da banda inferior de Bollinger (leia mais no artigo sobre bandas de Bollinger), o que indicou uma ótima compra e a ação continuou a subir após confirmar o Ombro-Cabeça-Ombro Invertido (OCO I).

Estratégias e exemplos para operar ações - Figura 1

MILK11
Os rompimentos da figuras triângulo simétrico e de duas bandeiras sinalizaram uma ótima compra. Já a perda para baixo do último triângulo sinalizou venda. Ou seja, a análise gráfica de ações indicou ótimas operações apenas através de figuras básicas. Repare:

Estratégias e exemplos para operar ações - Figura 2

Estes são apenas dois exemplos simples, mas que mostram como é possível detectar pontos de entrada e saída do mercado[bb]. Seguiremos com artigos sobre a Análise Técnica de Ações e em breve postarei vídeos aqui no Dinheirama e no www.analisetecnicaacoes.com.br. Caso tenha alguma solicitação ou sugestão de artigo, entre em contato através do e-mail [email protected]. Até mais.

Crédito da foto para freedigitalphotos.net.

Leandro Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários