Candlestick: psicologia e aplicações na Bolsa de ValoresA forma de representação gráfica dos preços conhecida como Candlestick foi criada por um trader chamado Munehisa Homma, que atuava no mercado de arroz japonês por volta do século XVIII. Foi trazida ao ocidente por Steve Nison, um trader norte-americano, no início da década de 1980.

O candlestick[bb] apresenta duas grandes vantagens em relação aos outros tipos de representação gráfica:

  1. Permite uma visualização mais fácil das tendências devido ao seu padrão de cores que identificam fechamentos positivos e negativos;
  2. Formam padrões que podem significar possível reversão ou continuação de movimentos.

Abaixo temos um exemplo do gráfico de candlestick em que enfatizo alguns padrões de reversão. Veja também como o padrão de cores, verde (fechamento positivo) e vermelho (fechamento negativo), torna a visualização dos movimentos de alta e baixa do mercado de ações[bb] mais claros:

Candlestick - Porque vale a pena usá-lo!

Devido a essas vantagens, talvez, o sistema de candles ganhou grande popularidade no ocidente. Não tenho conhecimento de estatísticas oficiais, mas pelo que vejo na Internet me parece que, atualmente – no Brasil pelo menos -, a maioria dos traders estão utilizando os candles como parte de seu sistema de operações.

Embora os candles, por si só, já formem um sistema, prefiro utilizá-los em conjunto com as ferramentas da Análise Técnica ocidental. Dou especial atenção aos padrões de reversão encontrados em suportes ou resistências e em zonas de sobrecompra ou sobrevenda.

Existem centenas de padrões formados pelos candles e alguns traders iniciantes até se sentem desanimados com a quantidade. A boa notícia é que não é preciso saber todos eles para lucrar na Bolsa. Aprender os principais padrões ajuda muito o trader e o mais importante é compreender os fatores psicológicos por trás de sua formação.

Para aliviar quem se interessa pelo candlestick, em meu livro “Manual de Análise Técnica”, além de demonstrar os principais padrões existentes, apresento oito características específicas que resumem a psicologia por trás da formação dos padrões. Compreendendo essas características, um trader torna-se capaz de fazer uma excelente leitura do mercado ao analisar os candles em conjunto com outros aspectos que fazem parte do movimento dos preços.

Crédito da foto para freedigitalphotos.net.

Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários