Dinheirama Top5 #67: Leituras para começar a semana

Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo inicio de semana, publicaremos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Financiar a casa própria ou alugar: uma visão financeira reveladora (e assustadora)

Salve amigo leitor, tudo bem? Desde que me conheço por gente, escuto a máxima“No lugar de pagar aluguel, prefiro pagar a parcela do financiamento” e todas as variações possíveis, do tipo “aluguel é um dinheiro que não volta, vai para o lixo”,“financiamento também não é bom, mas pelo menos estou pagando algo que é meu” e por aí vai. A pergunta que eu faço na sequência é: será mesmo?

Esse assunto sempre causa muita comoção e polêmica, por diversos motivos, desde culturais até a falta de conhecimento. Dessa forma, vou tentar não ser simplista e cobrir as variáveis mais importantes.

Clique aqui para ler o texto completo

O poder destrutivo da crítica: prefira praticar o reforço positivo

Toda crítica, da maneira como conhecemos, é destrutiva. Troquemos a expressão “crítica construtiva” por outra que represente melhor o significado oculto do que, em teoria, se pretende; “ensinamento”, “questionamento” ou qualquer coisa que esteja de fato ligado à criação, construção.

Quem critica não quer ensinar ou construir nada, quer causar mal-estar alheio e alimentar seu próprio ego, pois o tom de uma crítica é sempre negativo, destrutivo. Caso contrário, não teríamos sempre que avisar ao outro que “faremos uma crítica construtiva”. É como dizer: “vou socar sua cara, vai doer, mas não fique bravo”.

Clique aqui para ler o texto completo

4 hábitos perigosos que sabotam a realização dos seus sonhos

Todos nós temos sonhos e grandes objetivos na vida, sejam eles materiais ou não. Porém, há dois grupos de pessoas que lidam de formas diferentes para alcançá-los, e tenho certeza de que você sabe do que estou falando.

Existem aquelas pessoas estilo “deixa a vida me levar”, que contam com a sorte e acreditam que o destino já está traçado e resta apenas esperar para ver; e existem os “inquietos”, que são obstinados em realizar suas conquistas e entendem que para isso é necessário planejamento, dedicação e trabalho.

Clique aqui para ler o texto completo

Dinheiro é a principal causa de brigas entre casais: e agora?

Dinheiro é a principal causa de brigas entre casais, segundo estudo da Serasa Experian. Além disso, a relação entre finanças e casais está longe de ser a ideal. De acordo com uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), 29,2% dos brasileiros não sabe ao certo o valor do salário do companheiro (a).

O mais preocupante é que o debate sobre o orçamento familiar com o cônjuge e com outros membros da família só ocorre em 38,9% das famílias e em 18,1% dos casos isso ocorre apenas quando a situação financeira está ruim.

Clique aqui para ler o texto completo

Ninguém precisa morrer pobre! Vamos falar mais sobre dinheiro?

Os meus últimos artigos aqui no Dinheirama têm se tornado uma maneira direta de contar aos leitores um pouco de minha experiência diária no trato com amigos e familiares.

Gosto da ideia de compartilhar as experiências da vida real e, ao mesmo tempo, oferecer a outras pessoas a oportunidade de olhar para determinados pensamentos a partir de uma visão diferente do convencional; a partir do ponto de vista de alguém que trabalha com a educação financeira como um estilo de vida.

Desta vez, ao acompanhar minha esposa em um evento de trabalho, escutei um papo que me chamou a atenção: o papo era de duas jovens (creio eu que na faixa dos 20 anos, mais ou menos) que, como eu, aguardavam alguém e falavam abertamente do plano de viajar em alguns meses para fora do país.

Clique aqui para ler o texto completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

Vídeos gratuitos sobre educação financeira

TV Dinheirama

Com diversos apresentadores e convidados

Aprenda de forma simples e interativa, alguns assuntos que irão fazer toda a diferença no dia a dia na sua relação com o dinheiro. Investimentos, finanças comportamentais, empreendedorismo, liderança, dicas práticas e muito mais. Clique no botão abaixo, assista e assine o canal gratuitamente para receber os novos videos diretamente no seu e-mail.

Assista grátis

Aprenda sobre o universo dos bancos e o que fazem com seu dinheiro