Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top 5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Autoestima: sem ela você não vai alcançar o sucesso financeiro

Existe uma mania que odeio em alguns brasileiros. Não é privilégio nosso, claro, mas temos uma tendência de sermos pessimista demais. Alguns dizem se tratar de cautela. Justificam o pessimismo exagerado como forma de estar prevenido e preparado para quando a oportunidade surgir.

Esperar a oportunidade surgir e os problemas se resolverem são nossas especialidades. A culpa “é do sistema”, nos vemos como vítimas. Quando o assunto é dinheiro, essa atitude pode ser fatal.

Existem diversas variáveis que influenciam nossa capacidade de criar oportunidades e agir diante de realidades adversas, mas hoje irei citar e discutir uma das mais importantes: a autoestima.

Clique aqui para ler o post completo

Sobreviventes: Conheça os 12 portais da resiliência e transforme sua vida

Sabemos que há momentos na vida em que a impressão é que temos que recomeçar do zero, não é mesmo? E independente do setor que exija uma transformação, sobreviver em meio ao caos requer que juntemos todos os cacos e todas as melhores energias para seguir em frente.

Se você já passou por problemas como perdas de entes queridos, separações complicadas, relacionamentos tóxicos, doenças, falências, desastres, e outras situações do tipo, sabe o que quero dizer. Recentemente li o livro “Sobreviver: Instinto de Vencedor”, da empresária e psicoterapeuta Claudia Riecken, e este artigo traz alguns pontos ressaltados na obra.

Clique aqui para ler o post completo

Dinheirama Entrevista: Marcelo Moraes, CEO da MEI Fácil

Empreender: algo que pode ser sonho para muitos ou necessidade para outros tantos. O fato é que uma das formas de se começar no empreendedorismo de maneira formal no Brasil é se tornar um MEI (microempreendedor individual). Dados da Serasa Experian mostram que das 191.498 empresas brasileiras criadas até fevereiro deste ano, 82,5% são MEI, ou seja, 158.038. Não é à toa, portanto, que começam a surgir demandas novas para este segmento e serviços focados em resolvê-las.

“Entrevistamos em profundidade centenas de empreendedores e descobrimos uma oportunidade bem maior do que imaginávamos inicialmente, tanto no que tange ao apoio à resolução de burocracias, mas principalmente no acesso a serviços financeiros”, explica Marcelo Moraes, CEO da MEI Fácil, app que busca facilitar a vida de quem é MEI através de uma série de serviços.

Clique aqui para ler o post completo

Tudo o que você precisa saber sobre Fundos Imobiliários

De uma forma resumida, podemos dizer que os Fundos Imobiliários são os instrumentos mais eficientes para qualquer tipo de investidor que queira ter acesso ao investimento em negócios de base imobiliária.

O grande aliado dos Fundos Imobiliários é a baixa barreira de entrada no investimento.

Por muitas vezes não possuímos grandes quantias de capital para o investimento em imóveis propriamente ditos, desta forma, a maneira mais fácil, segura e transparente de se investir neste setor é através dos Fundos Imobiliários.

Clique aqui para ler o post completo

“E agora, José? a festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou. E agora, José?”

Talvez o poema mais conhecido de Carlos Drummond de Andrade sirva para ilustrar a situação atual do Brasil e mesmo do mundo. Nesse curto prazo que nos cerca, estamos meio à deriva nos mercados de risco no mundo e, no Brasil, não é diferente.

Na B3, até 08 de maio, a valorização acumulada em 2018 do Ibovespa estava próxima de 7,8%, sendo que nos dias de maio já acumulava queda de 4,4%. Mais que isso, perdemos zonas de suporte importante mostrando toda a fragilidade de curto prazo.

Passamos fevereiro, março e abril numa zona de congestão/acumulação, com algumas tentativas de rompimento infrutíferas para baixo e para cima, mas agora parece confirmar afrouxamento de curto prazo. Ok, necessita ainda de alguma confirmação, mas é isso que está sinalizando.

Clique aqui para ler o post completo

 

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários