Desde que comecei a me interessar pelo mundo das finanças, procurei buscar informações sobre as pessoas que, no decorrer de sua trajetória, se tornaram referências de sucesso.

Notei, por exemplo, que na maior parte das vezes o sucesso vem acompanhado de valorização financeira, afinal bons profissionais ganham bem e sabem dar valor ao seu esforço e patrimônio, sempre buscando desempenhar seus trabalhos com excelência e destaque.

A boa notícia é que é possível aprender e praticar o comportamento capaz de contribuir com o objetivo de ficar rico e ser mais feliz. Ao longo do tempo, as pessoas de sucesso conseguem aliar diversas qualidades com o enorme poder da objetividade e simplicidade.

São pessoas que sabem o quanto a disciplina e o comprometimento profissional são importantes, sabem que o “mais ou menos” não é o bastante quando o que está em jogo são seus nomes e, principalmente, os resultados que esperam alcançar.

Cansei de ser pobre: 5 armas para enriquecer e zerar a vida

A observação constante e minuciosa dos resultados alcançados por essas pessoas desperta em mim profundo interesse, tanto que aos poucos fui anotando algumas características compartilhadas por muitos desses profissionais ricos e bem-sucedidos. Mais uma vez, peço um pouco de seu tempo para compartilhar o que aprendi com você, afinal, a observação genuína, desses exemplos de sucesso é um caminho importante para quem quer deixar a pobreza de lado e enriquecer.

Arma 1:  Aprenda a lidar com a frustração

Um dos graves problemas das pessoas, de uma maneira geral, é não lidar bem com a frustração. O fracasso é visto apenas como algo ruim, ou melhor, as pessoas muitas vezes não conseguem perceber e valorizar a experiência de simplesmente falhar ou não colher os frutos desejados.

Em muitos outros países e culturas, os profissionais que enfrentaram problemas ao longo da carreira sabem quanto o fracasso é um importante passo para o sucesso. Os profissionais bem-sucedidos aprendem desde cedo a lidar com a frustração, pois sabem que o caminho profissional pode ser longo, mas cheio de experiências.

“Não deixe as frustrações dominar você, domine-as. Faça dos erros uma oportunidade para crescer. Na vida, erra quem não sabe lidar com seus fracassos” (Augusto Cury)

Leitura recomendada: 3 Lições Para Alcançar o Sucesso Financeiro

Arma 2:  Aprenda, desde cedo, a importância de correr riscos

Ao longo de nossas vidas, somos obrigados a tomar diversas decisões. Só o fato de decidirmos levantar da cama para mais um dia de trabalho envolve uma série de questões que tornaram o dia mais ou menos arriscado.

Mas o que ficou claro no decorrer de minhas pesquisas foi perceber que as pessoas ricas e de sucesso tratam o risco como uma grande oportunidade, ou melhor, entendem que o maior risco será sempre não correr riscos em momentos oportunos.

O homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann, sempre gosta de deixar claro a importância de correr riscos de maneira calculada. Às vezes, a chance de mudar de trabalho ou apostar em um negócio próprio não devem ser desperdiçadas, mesmo que a princípio essas oportunidades soem estranhas e façam você sair da zona de conforto.

“Nunca ande pelo caminho traçado, pois ele conduz somente até onde os outros foram”. (Alexander Graham Bell)

Leitura recomendada: Arrisque! A importância dos riscos na busca por melhores resultados

Arma 3: Nunca, jamais perca o foco

Algumas pessoas são fontes de ideias inesgotáveis, mas, em alguns casos, acabam desperdiçando a oportunidade de criar algo grandioso porque não conseguem manter o foco e seguir o planejamento até o final.

Se não é fácil fazer uma grande ideia prosperar, o que dizer então de várias ideias grandiosas que exijam que muito deva ser modificado e reestruturado? Difícil, pois é. É importante saber que recomeçar é diferente de perder o foco; recomeçar ou mesmo buscar outro caminho faz parte do processo.

Outro cuidado consiste em ficar amarrado demais a uma ideia e perder o foco no objetivo maior, que é atingir o sucesso. Remendar boas ideias quase sempre leva as pessoas na direção do fracasso.

“Algumas pessoas acham que foco significa dizer ‘Sim’ para a coisa em que você irá se focar. Mas não é nada disso. Significa dizer não às centenas de outras boas ideias que existem. Você precisa selecionar cuidadosamente.” (Steve Jobs)

Leitura recomendada: Por que guardar dinheiro? Foco na qualidade de vida e liberdade

Arma 4: Valorize o networking como um investimento

Eu estou convencido de que o networking é um dos pontos mais importantes quando analiso as características das pessoas ricas e bem sucedidas. Mais do que isso, percebo que essas pessoas tratam o networking como um dos mais importantes investimentos do seu dia a dia.

Eles estão sempre presentes em fóruns internacionais, feiras, congressos ou mesmo reuniões informais dentro das próprias casas. É fundamental separar o trabalho das atividades de lazer e bem-estar pessoal, mas em algumas oportunidades é importante aproveitar essas situações para falar de negócios também.

Tornar-se visível e conhecido no mercado e também criar uma rede de contatos capaz de oferecer conselhos, suporte e até mesmo oportunidades de negócios são duas decisões importantes para quem busca ficar rico e ter uma vida mais feliz.

“Não há solidão mais triste do que a do homem sem amizades. A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto.” (Francis Bacon)

Leitura recomendada: Crescimento profissional, networking e experiência

Arma 5: Mude o mundo, mas primeiro mude sua vida (não só agora, mas também no longo prazo)

Muitas pessoas têm o sonho de mudar o mundo, mas poucos efetivamente conseguem tal proeza. Antes de pensar em mudar o mundo, as pessoas ricas e de sucesso perceberam que o que realmente faz a diferença é a forma como enxergam o mundo e como mudam a sua própria vida e entorno.

A medida que valorizam a forma diferente de entender as pessoas e o mundo que as cercam, esses indivíduos começam, aos poucos, a contaminar os demais, criando uma corrente que cresce e se fortalece.

A forma diferente de enxergar o mundo é sem dúvida uma característica importante, afinal é a partir de esse olhar transformador que prosperam empresas como Apple e tantas outras que hoje são sinônimos de inovação e qualidade, criando personalidades que ficaram eternizadas não só pela riqueza que conquistaram, mas principalmente por se tornarem responsáveis por uma grande transformação.

Mudar o mundo é legal, mas é preciso mudar primeiro como você se vê nele. Além disso, entender que é preciso mais do que uma boa ideia ajuda muito. Ou seja: sucesso requer persistência e dedicação por muito tempo.

“Você tem que ser o espelho da mudança que está propondo. Se eu quero mudar o mundo, tenho que começar por mim.” (Mahatma Ghandi)

Leitura recomendada: As lições de Warren Buffett podem (mesmo) mudar sua vida?

Conclusão

Por aqui, quero ressaltar que a riqueza é consequência de uma vida com competência, superação, sorte (por que não?), muito trabalho e alguns fracassos. As cinco armas mencionados podem servir de inspiração, mas a felicidade de ter uma vida plena e rica sempre será algo único. Portanto, siga o seu caminho, do seu jeito.

Ao conseguir juntar sucesso, boa gestão e ideais, a construção de uma vida próspera, rica e feliz se torna mais fácil, como um caminho natural e revelador. Existem outros segredos para ficar rico e ser mais feliz? Com certeza! Sinta-se à vontade para relatá-los abaixo em nosso espaço de comentários. Obrigado e até a próxima.

Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários