Após a modalmais zerar a corretagem e revolucionar mais uma vez o mercado de títulos e valores mobiliários, iniciou-se a divulgação massiva de fake news, por parte, especula-se, de uma minoria mal intencionada de concorrentes e/ou escritórios de agentes autônomos, falando contra a saúde financeira do Grupo Modal.

Por isso, quero comunicar que, ao contrário do que tem se divulgado por pessoas mal-intencionadas, o Banco Modal S. A. (“Modal”) e/ou a Modal DTVM Ltda. (“Modalmais” e, em conjunto com Modal “Grupo Modal”) não tem qualquer problema de liquidez e seus resultados estão em linha com o planejado em seu cronograma de investimentos e de expansão. Estamos mais fortes do que nunca!

É MENTIRA QUE O MODAL ESTÁ EM DIFICULDADES!

As pessoas que tem criado e/ou divulgado essas Fake News devem se atentar que de acordo com a Lei 7492/86, divulgar notícias sobre a solvência de uma instituição financeira sem a devida comprovação dos fatos constitui CRIME contra o Sistema Financeiro Nacional.

Gostaríamos   de lhes pedir um favor. Caso tenha recebido notícias desta natureza, recomendamos que não as repasse e pedimos que encaminhe print da referida notícia, o áudio e/ou o vídeo, conjuntamente com a identificação de quem os encaminhou ao endereço de e-mail: [email protected] , para que possamos tomar as devidas providências.

Além disso, no que se refere à comprovação mencionada e primando pela transparência, apresentamos os fatos sobre o Grupo Modal:

A Modalmais fechou o ano de 2017 e o primeiro semestre de 2018 com lucro e indicadores de performance crescentes e:

  • Líder em número de clientes pessoa-física operando na B3
  • 000 clientes
  • 3º em número de negócios em contratos futuros na B3
  • 4º em número de contratos negociados na B3.
  • 130 funcionários, contra 50 no fim de 2017. E estamos contratando!
  • Primeira corretora a zerar a corretagem para contratos futuros cheios e minis de dólar e índice.
  • Primeira corretora a oferecer a tecnologia dma2 puro de graça.
  • Primeira corretora a oferecer a tecnologia dma4 de graça.
  • O Banco Modal zela pela baixa alavancagem de carteira de crédito e alta liquidez, trabalhando com menos de duas vezes o seu Patrimônio Líquido em crédito, três vezes inferior à média de seus pares no mercado
  • Nossa posição de Caixa, em junho de 2018, de aproximadamente R$ 600.000.000,00 (seiscentos milhões de reais), o que configura quase duas vezes o seu próprio Patrimônio Líquido.
  • Nossa basiléia é de 13%, sendo que o mínimo exigido é de 9,25%.
  • Nosso rating é investment grade pela Moody´s.

Estes números podem ser conferidos nas Demonstrações Financeiras disponíveis no site do Banco Modal, as quais são auditadas pela PricewaterhouseCoopers (PwC), maior empresa de auditoria do mundo, e aprovadas pelo Banco Central do Brasil.

Com relação à carteira de investimentos, o Banco Modal foi ranqueado em 2017 entre os top 10 gestores/administradores de fundos de investimento pela ANBIMA, com aproximadamente 30.000.000.000 (trinta bilhões) de ativos sob gestão.

Temos parcerias internacionais com players importantes do setor de infraestrutura, como a Macquarie, para a qual presta assessoria financeira em fusões e aquisições com empresas nacionais e estrangeiras e o CCCC, segundo maior grupo de infraestrutura chinesa, com faturamento global de aproximadamente US$ 70.000.000.000,00 (setenta bilhões de dólares americanos), do qual é o Modal é assessor financeiro exclusivo na américa latina.

De acordo com a Bloomberg, somos Top 5 em número de mandatos de fusões e aquisições executados em 2017.

O Grupo Modal vem investindo pesado em tecnologia para o desenvolvimento de uma plataforma completa de produtos e serviços financeiros para melhor atender seus clientes e o todo o público que deseje ter uma experiência diferente da atualmente proposta pelos players do mercado. Todos os investimentos são realizados de forma planejada e responsável, com o propósito claro de expandir a sua plataforma digital para o maior número possível de clientes.

Neste sentido, entendemos que toda revolução incomoda o status quo, em especial àqueles que não conseguem fazer parte dela ou que, de alguma forma, serão atingidos por ela! Mas a revolução é feita para você, cliente, que deseja a mudança.

Não se deixe enganar por fake news! Em caso de dúvidas, entre em contato com o Grupo Modal e denuncie. A revolução não vai parar!

modalmais
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários