Home Investimentos BNDES deve apoiar Embraer em venda de aviões para American Airlines, diz Mercadante

BNDES deve apoiar Embraer em venda de aviões para American Airlines, diz Mercadante

Os comentários foram feitos durante evento no Rio de Janeiro para apresentar os resultados trimestrais e anuais do banco de fomento

por André Torres
0 comentário

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, disse nesta segunda-feira que o banco de fomento deve apoiar a Embraer (EMBR3) com financiamento para fornecer as 90 aeronaves encomendadas pela American Airlines (AALAALL34).

Mercadante disse que está aguardando a Embraer demonstrar interesse em financiamento, mas que “seguramente” parte dessas aeronaves será apoiada pelo banco, uma vez que o BNDES já ajudou a financiar mais de 1.270 jatos da fabricante brasileira.

“É uma empresa extremamente sólida que está comprando”, disse ele, referindo-se à norte-americana American Airlines. Mercadante acrescentou que a Embraer deverá recorrer ao BNDES. “Temos total interesse em estar sempre juntos da Embraer.”

Assessores e consultores de investimentos ganham R$ 15.000/mês; saiba como seguir carreira

Os comentários foram feitos durante evento no Rio de Janeiro para apresentar os resultados trimestrais e anuais do banco de fomento.

A Embraer anunciou nesta segunda-feira acordo com a American Airlines que pode superar 7 bilhões de dólares, envolvendo o pedido firme de 90 aviões modelo E175.

O contrato prevê diretos de compra para outras 43 unidades do modelo.

Em setembro do ano passado, o BNDES aprovou um financiamento para a Embraer fornecer 14 aeronaves para a companhia aérea norte-americana Republic Airways.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.