Boa compra: quem tem paciência sempre recebe sua recompensaRecentemente, tive a oportunidade de ler um resumo da biografia de Warren Buffett, um bilionário muito famoso e reconhecido por seus investimentos[bb] de sucesso e por doar grande parte da sua fortuna para obras de caridade. Entre seus muitos preceitos sobre investimentos, um em particular me chamou a atenção: “O mercado acionário é feito para transferir dinheiro dos apressados para os pacientes”.

Quem conhece um pouquinho que seja sobre o mercado de ações poderá perceber que esta afirmação faz realmente muito sentido. Podemos também levar esse ensinamento para outras áreas da educação financeira, como por exemplo, a pesquisa por preços melhores antes de comprar alguma coisa.

Neste sentido, tenho uma experiência pessoal que gostaria de compartilhar com vocês, leitores, para discutirmos em seguida a importância da paciência para quem deseja “ganhar” ou pelo menos não gastar mais dinheiro do que o necessário.

Imprevistos sempre acontecem!
Em outubro de 2010, meu notebook[bb] já estava velho e ultrapassado, mas ainda servia muito bem aos meus propósitos – e por isso, não tinha a menor intenção de trocá-lo no curto prazo. Mas, de repente ele parou de funcionar e foi constatado que algo havia queimado a placa-mãe, um conserto que não valeria a pena.

Ficar sem computador não é nada fácil hoje em dia, ainda mais para quem está acostumado a ter um computador pessoal e trabalha com isso (meu caso). No entanto, como eu não estava preparado financeiramente para comprar um novo, não houve outra maneira senão ter um pouco de paciência para juntar dinheiro.

Passei o resto do ano de 2010 utilizando o computador da casa dos meus pais para fazer meus projetos particulares e, apesar de não ver a hora de comprar um novo notebook, não estava disposto a “comprar um e pagar dois” em um financiamento ou crediário. Por isso, fui juntando dinheiro e pesquisando vários modelos, marcas e preços, dos mais baratos e “Xing lings” até os mais modernos e “parrudos”.

A diferença nos preços era discrepante, mais de R$ 1.000,00 por causa do nome ou marca e, apesar de nunca dar importância para isso, tenho que confessar que de algumas marcas eu fugia logo no inicio por ter visto várias pessoas reclamando sobre elas. Resumindo, eu procurava um notebook com uma boa configuração, de uma marca mediana e que não fosse muito caro.

Muita pesquisa e paciência de Jó…
Por várias semanas procurei um notebook que se enquadrasse nesse meu perfil. Pesquisei na Internet, nas grandes lojas da minha cidade e até mesmo no camelô, mas nenhum atendia razoavelmente o que eu procurava. Quando o preço era bom, a configuração era ruim; quando a configuração era boa, o preço era muito alto.

Basicamente, eu tinha duas opções para ter o notebook na configuração que eu desejava: comprar no camelô por um preço bem mais em conta, assumindo o risco de dar problema e não ter garantia, ou comprar em uma loja que me desse essa garantia, mas que cobraria um valor bem acima do que eu achava justo pagar.

O Carnaval de 2011 já tinha chegado e, apesar de já ter juntado uma boa quantia em dinheiro, eu ainda não havia meu comprado meu novo computador. Para quem já tinha esperado tanto tempo, não custava esperar um pouco mais – afinal, já diz o velho ditado que “quem tem pressa come cru” não é?

Quem espera recebe sua recompensa. Sempre.
Graças a mais duas semanas de paciência, encontrei uma excelente oferta no site da FNAC. Um notebook da mesma marca que o meu antigo, em uma configuração acima da que eu procurava, com desconto de R$ 200,00 e mais 5% do total se pago à vista no boleto. Comparei o mesmo modelo com o de outra marca conhecida e a diferença ficava em mais de R$ 600,00!

Não tive dúvidas, afinal esse era o equipamento que eu estava procurando, e comprei na mesma hora. E, se já não bastasse esse excelente desconto, dois meses depois da compra, tive a grata surpresa ao saber que receberia de volta R$ 112,00 através da Nota Fiscal Paulista, coisa que não aconteceria se tivesse optado por comprar no camelô.

Conclusões
Comprei um excelente notebook (que na época era “top de linha”) por um preço bem abaixo do mercado[bb] e com a garantia que eu queria. Já o utilizo há mais de um ano e ele nunca deu problema, além de atender eficientemente a minha necessidade – estou utilizando-o nesse momento para escrever este artigo e possivelmente o usarei por vários anos.

Tudo isso por quê? Porque tive a paciência de procurar e esperar o momento certo para fazer uma boa compra. Preferi pesquisar e poupar para não ter que gastar nada além do necessário. Valeu a pena!

Acredito que, assim como eu, você também possui boas histórias de como economizou algum dinheiro por ter paciência antes de fechar algum negócio. Ou quem sabe ainda o contrário, de como “perdeu” dinheiro por não ter esperado por um momento melhor. De qualquer forma, seria muito interessante que você deixasse seu depoimento logo mais abaixo nos comentários. Fique à vontade! Até a próxima.

Foto de sxc.hu.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários