Home Empresas Boeing investiga problema de qualidade em 787s não entregues

Boeing investiga problema de qualidade em 787s não entregues

A Boeing confirmou as verificações em resposta a uma consulta da Reuters

por Reuters
0 comentário

A Boeing (BA) está investigando um novo problema de qualidade no jato 787 Dreamliner depois de descobrir que centenas de fixadores foram instalados incorretamente nas fuselagens de alguns modelos não entregues, disseram duas pessoas familiarizadas com o assunto.

O mais recente de uma série de problemas de fabricação que afetam a fabricante de aviões dos EUA envolve o “torque” ou aperto incorreto de mais de 900 fixadores por avião – divididos igualmente entre os dois lados da fuselagem central do jato, disseram as fontes.

Não há nenhuma preocupação imediata com a segurança de voo das aeronaves, mas a Boeing está trabalhando para entender o que causou o problema e decidirá quanto, se for o caso, retrabalho será necessário assim que a investigação for concluída, disseram as fontes.

Os fixadores – que prendem a camada de compósito de carbono aos suportes da estrutura da aeronave dentro da fuselagem, chamados de longarinas – foram apertados do lado errado, afirmaram as fontes.

A Boeing confirmou as verificações em resposta a uma consulta da Reuters.

“Nossa equipe do 787 está verificando os fixadores na área lateral da fuselagem de alguns aviões 787 Dreamliner não entregues para garantir que eles atendam às nossas especificações de engenharia. A frota em serviço pode continuar a operar com segurança”, disse um porta-voz.

“Estamos tomando o tempo necessário para garantir que todos os aviões atendam aos nossos padrões de entrega. Estamos trabalhando em estreita colaboração com nossos clientes e com a FAA (Administração Federal de Aviação) e mantendo-os atualizados.”

A agência de aviação norte-americana não comentou o assunto.

As entregas estão ocorrendo mais lentamente do que o normal após uma desaceleração anterior da produção, mas até o momento não foram interrompidas, segundo dados de rastreamento do FlightRadar24.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.