Há alguns meses este assunto de bolha imobiliária parecia estar mais vivo. Ultimamente estamos com tantos problemas econômicos, que falar em bolhas parece ter deixado de ser importante, no entanto, o cenário continua presente, e com o agravamento da crise o mercado imobiliário também tem sido afetado.

Hoje os imóveis estão 5 vezes mais caros que em 2001, e desde 2007 a participação dos financiamentos imobiliários o PIB aumentou também 5 vezes.

Seriam estes fatos e alguns outros o suficiente para constatarmos que tivemos uma bolha a inflar neste período e que agora está prestes a estourar?

Se houver uma bolha imobiliária, quais são os riscos?

Você já imaginou comprar um imóvel financiado no ponto alto dos preços, e depois (se houver um estouro nos preços) este imóvel se desvalorizar drasticamente? Isso não seria nada bom para o seu crescimento patrimonial.

Por estes e outros motivos, é importante sabermos que se há (ou não) uma bolha imobiliária no Brasil, e para isso, nós preparamos para você um relatório gratuito sobre o mercado imobiliário brasileiro. Clique aqui para ter acesso à este material, cuja leitura é muito pertinente para o atual momento.

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “real estate bubble”, Shutterstock.

Criando Riqueza
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários