Home Esportes Bolsa Atleta terá reajuste de 12%, diz ministro do Esporte

Bolsa Atleta terá reajuste de 12%, diz ministro do Esporte

O Bolsa Atleta garante condições mínimas para que os esportistas se dediquem, com exclusividade e tranquilidade, ao treinamento e a competições

por Agência Gov
3 min leitura
Bolsa Atléta
(Imagem: Divulgação)

Os esportistas que recebem o Bolsa Atleta terão o benefício reajustado em 12%. O percentual corresponde à inflação acumulada ao longo de 14 anos sem aumento.

O ministro do Esporte, André Fufuca, afirmou, nesta quinta-feira (27/6), que o reajuste será concedido até agosto alcançando mais de 8.700 mil atletas.

O anúncio foi feito durante entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, do Canal Gov, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). “O reajuste gira em torno de 12% (o valor exato é 10,86%) do valor nominal que é recebido, porque o Bolsa Atleta é dividido em várias partes.

Tem o universitário, o nacional, o internacional. Acredito que até o mês julho, agosto para não falhar com a palavra, teremos esse reajuste”, explicou André Fufuca.

Os recursos para o reajuste foram autorizados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo o ministro. “Imagine você que recebia o salário mínimo há 14 anos ser o mesmo de hoje.

A inflação corrói, engole o salário”, disse. “São mais de 8,7 mil atletas no Brasil, entre atletas e paratletas que serão beneficiados. É o maior programa de inventivo ao esporte do mundo e, após 14 anos, teremos o reajuste dele”, completou André Fufuca.

O público beneficiário do programa são atletas de alto rendimento que obtêm bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade.

O Bolsa Atleta garante condições mínimas para que os esportistas se dediquem, com exclusividade e tranquilidade, ao treinamento e a competições.

São seis as categorias de bolsa oferecidas: Atleta de Base; Estudantil; Nacional; Internacional; Olímpico/Paralímpico e; Pódio.

Apostas esportivas

Outro tema abordado pelo ministro foi a criação de uma secretária para acompanhar questões relacionadas aos sites de apostas esportivas. A estrutura vai funcionar, a partir de julho, no âmbito do Ministério do Esporte.

“Até o meio do mês de julho já teremos a secretaria de apostas esportivas dentro do Ministério do Esporte. Ela está sendo feita por meio de uma reestruturação junto à Casa Civil.

Entre as ações e atribuições dessa secretaria teremos a questão da integridade esportiva. Integridade essa que vai acompanhar toda a questão esportiva e, também a das apostas. Essa secretaria irá trabalhar diretamente na integridade e na transparência esportiva”, disse.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.