Bolsa de valores: conheça os tipos de açõesVocê conhece os tipos de ações e suas características? Este breve artigo propõe algumas explicações sobre isso. Acompanhe.

Ações Ordinárias (ON)

As ações ordinárias, além de concederem aos acionistas participação nos lucros da companhia mediante o pagamento de dividendos, têm como principal característica o direito a voto nas assembleias gerais nas quais ocorrem deliberações acerca da destinação dos lucros, de alterações no estatuto, emissão de debêntures, dentre outras.

Lembremos que, por exemplo, uma empresa como a Gol precisa renovar sua frota de tempo em tempo, o que implica em custos bastante elevados. Dessa forma, as companhias desse segmento recorrem a operações de financiamento mediante a venda de dívida no mercado, tendo como contrapartida o pagamento de juros e correção monetária. As características dessas operações (prazo, indexadores, amortização) serão decididas nas assembleias gerais pelos acionistas.

Ações Preferenciais (PN)

As ações preferenciais dão – desculpando a redundância – preferência aos seus detentores na distribuição de dividendos, no reembolso do capital e também na própria acumulação das vantagens acima, o que significa que os acionistas que possuem ações ordinárias também desfrutam das condições citadas, mas em situação de desvantagem em relação aos “preferencialistas”.

O objetivo principal das ações preferenciais é atrair novos acionistas mediante o oferecimento de participação nos lucros das empresas, o que assegura liquidez aos ativos no mercado e maior permanência dos investidores em posse dos papéis.

Muitos acionistas optam por investimentos em companhias que são bons pagadores de dividendos, como por exemplo, as corporações dos setores de telefonia e bancário, não apenas pelos proventos distribuídos, mas por estas ações apresentarem menores níveis de volatilidade.

Fruição

As ações de fruição não representam o capital social da sociedade, pois este só pode ser formado por ações ordinárias e preferenciais. Além disso, não são negociados no mercado de valores mobiliários.

Ações desse tipo “nascem” quando uma companhia faz a opção por distribuir a alguns acionistas montantes a título de amortização de um lote de ações mediante sorteio ou outros meios, sendo tais montantes correspondentes ao valor que caberia aos sócios em caso de dissolução da sociedade. Posteriormente, é permitido que os antigos titulares adquiram novas ações em substituição às anteriores.

Você conseguiu entender melhor a diferença entre os tipos de ações? Se tiver alguma dúvida, compartilhe-a conosco usando o espaço de comentários abaixo. Obrigado e até a próxima.

Foto stock market colorful, Shutterstock.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários