As declarações pouco animadoras do candidato a presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, sobre privatização e a reforma da previdência pesam na manhã desta quarta-feira, 10, sobre ações de empresas que integram o conhecido ‘kit eleições’.

As ações da Eletrobrás chegaram a recuar 12,32% após o candidato  criticar o processo de privatização da elétrica. “A gente vai vender para qualquer capital do mundo? Você vai deixar a nossa energia na mão da China? A gente pode conversar sobre distribuição, mas sobre geração não”, afirmou  em entrevista à TV Bandeirantes .

Leia também: Coordenador de Bolsonaro diz que Previdência não está na pauta em 2018

Investidores ficam preocupados com fala de Bolsonaro. Bolsa despenca

Os investidores repercutem  declarações do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) sobre a reforma da Previdência.  O candidato do PSL disse ontem que a reforma da Previdência será tratada “vagarosamente, embora depois tenha recuado dizendo que, se eleito, irá procurar a equipe de Michel Temer para fazer proposta sobre o tema “já para o corrente ano”. Uma das ideias seria reduzir a idade mínima de 65 para 61.

Diante das declarações, o mercado passa por ajustes que impulsionam o dólar, após a moeda americana ter acumulado perdas de mais de 8% no mês e caído ontem para R$ 3,7155, refletindo expectativas de investidores de vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da eleição presidencial e de andamento das reformas. Às 12h40, o dólar à vista estava em alta de 1,25%, a R$ 3,76.

A Bolsa segue o mesmo tom de cautela com a cena eleitoral e recua mais de 2,15%, em torno dos 84 mil pontos. No mês, o Ibovespa acumula ganhos de 8,50%.

A cautela justifica-se ainda pela expectativa por pesquisa Datafolha, que será divulgada nesta quarta-feira (10).

Bolsonaro não irá participar de debates nem da campanha de rua no segundo turno das eleições por ordens médicas.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.