Home Economia e Política Boric convoca plebiscito para segunda proposta de nova Constituição no Chile

Boric convoca plebiscito para segunda proposta de nova Constituição no Chile

"O plebiscito de 17 de dezembro está oficialmente convocado e eu convido todos os nossos compatriotas a se informarem e participarem", disse Boric

por Reuters
0 comentário
Gabriel Boric

 O presidente do Chile, Gabriel Boric, convocou nesta terça-feira um plebiscito nacional para que a população chilena decida sobre uma segunda proposta para substituir a Constituição do país, da época da ditadura.

O documento foi finalizado na semana passada por um Conselho Constitucional, dominado por forças de direita, encarregado de redigir o texto.

Uma primeira tentativa de substituir a Constituição, dominada por forças de esquerda e independentes, fracassou em setembro do ano passado.

“O plebiscito de 17 de dezembro está oficialmente convocado e eu convido todos os nossos compatriotas a se informarem e participarem”, disse Boric em uma cerimônia em Santiago.

“Confio plenamente na sabedoria do povo chileno.”

A maioria dos eleitores planeja rejeitar o texto proposto, segundo as últimas pesquisas, mas a diferença de opiniões tem diminuído nas últimas semanas.

Beatriz Hevia, a presidente do agora dissolvido Conselho Constitucional, disse que a proposta “finalmente tem a capacidade de acabar com a incerteza institucional e política, fortalecer o estado de direito e a segurança jurídica, e fornece as ferramentas necessárias para reativar nossa economia”.

Em um relatório divulgado em outubro, a S&P revisou a perspectiva econômica do Chile, citando o fraco consenso político.

O governo de Boric, que apoiou a primeira proposta, disse que não pressionará por uma terceira reformulação constitucional.

Se o documento for rejeitado em dezembro, o texto atual, que remonta à ditadura militar de Augusto Pinochet, de 1973 a 1990, permanecerá em vigor.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.