Home Comprar ou Vender Bradesco entrega “muito abaixo do seu potencial”; ação despenca 7%

Bradesco entrega “muito abaixo do seu potencial”; ação despenca 7%

"De todo modo, está claro que 2024 será de transição e não devemos esperar uma recuperação muito rápida de resultados", diz analista

por Gustavo Kahil
3 min leitura

Os resultados do Bradesco (BBDC4) no quarto trimestre de 2023 foram considerados ruins e abaixo do esperado pelo consenso do mercado.

As ações abriram as negociações desta quarta-feira (7) com baixa de 7,8%, a R$ 15,30.

O lucro recorrente no trimestre foi de R$ 2,9 bilhões, enquanto a expectativa era de R$ 4,6 bilhões. No ano, o lucro foi de R$ 16,3 bilhões, uma queda de 21%.

“Este trimestre trouxe números operacionais fracos, combinando margem financeira com clientes (principal fonte de receita do banco) ruim, com queda trimestre a trimestre e ano contra ano, e despesas operacionais subindo acima da inflação”, avalia o analista Luis Fernando Moran de Oliveira da EQI Research.

Desempenho das ações do Bradesco em 12 meses

Segundo ele há, por outro lado, certo alívio com índices de inadimplência acima de 90 dias na carteira de crédito de pessoas físicas, recuando de 6,6% para 5,9%, tal qual visto em Itaú (ITUB4) ontem. O ROE (Return on Equity) do banco foi de apenas 6,9% este trimestre, contra aproximadamente 11% nos últimos.

Fonte: Bradesco

“De todo modo, está claro que 2024 será um ano de transição e não devemos esperar uma recuperação muito rápida de resultados operacionais e retornos neste início de ano”, analisa Oliveira.

Ele entende que, com a ação negociando acima de 1 vez o múltiplo de preço sobre o valor contábil (P/BV) e entregando resultados muito abaixo do esperado e de seu potencial, “não nos arrependemos nem um pouco de não termos Bradesco na nossa carteira EQI de Carnaval”.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.