Home Economia e Política Brasil eleva tarifa de importação do aço a 25% e atende produtoras

Brasil eleva tarifa de importação do aço a 25% e atende produtoras

Segundo o documento divulgado hoje, a tarifa foi ajustada para 11 produtos de aço, além de novas cotas de volume de importação

por Gustavo Kahil
0 comentário

O Brasil decidiu elevar para 25% as tarifas de importação de aço por um ano em uma medida de proteção ao setor siderúrgico nacional após um pedido encaminhado pelo Instituto Aço Brasil, mostra um comunicado da Camex (Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior do Brasil).

Segundo o documento divulgado nesta terça-feira (23) o imposto foi ajustado para 11 produtos de aço, além de novas cotas de volume de importação para esses produtos.

O órgão afirmou em nota à imprensa que a tarifa só sofrerá aumento quando as cotas forem ultrapassadas. “Serão avaliadas, ainda, outras quatro NCMs que poderão receber o mesmo tratamento”, afirmou a Gecex/Camex.

APRENDA COMO MULTIPLICAR E PROTEGER SEU CAPITAL INVESTIDO POR MEIO DAS CRIPTOMOEDAS E ACELERE A SUA JORNADA RUMO À LIBERDADE FINANCEIRA

Segundo o Instituto Aço Brasil, as importações alcançaram 1,3 milhão de toneladas em 2024 no acumulado até março de 2024, um aumento de 25,4% frente ao período homólogo. Em valor, as importações atingiram US$ 1,3 bilhão e avançaram 0,6% no mesmo período de comparação.

“Estudos técnicos mostram que a medida não trará impacto nos preços ao consumidor ou a produtos de derivados da cadeia produtiva. Durante os 12 meses, o governo vai monitorar o comportamento do mercado. A expectativa do governo é que a decisão contribua para reduzir a capacidade ociosa da indústria siderúrgica nacional”, disse o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços em nota.

Veja as novas tarifas

CemeX aço by gustavo.kahil

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.