Home Agronegócio Brasil tem superávit comercial recorde de US$ 98,8 bi em 2023, alta de 60,6% sobre 2022, diz MDIC

Brasil tem superávit comercial recorde de US$ 98,8 bi em 2023, alta de 60,6% sobre 2022, diz MDIC

A balança comercial brasileira acumulou superávit de 98,838 bilhões de dólares em 2023

por Reuters
0 comentário

O Brasil encerrou 2023 com um resultado recorde para a balança comercial, de quase 100 bilhões de dólares, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados nesta sexta-feira.

A balança comercial brasileira acumulou superávit de 98,838 bilhões de dólares em 2023, resultado de exportações de 339,673 bilhões de dólares e importações de 240,835 bilhões de dólares.

Além de recorde na série histórica da secretaria, o saldo comercial cresceu 60,6% em relação aos 61,525 bilhões de dólares registrados em 2022, até então o melhor resultado obtido.

As exportações em 2023 também foram recordes, superando em 1,7% o resultado do ano anterior. Já as importações caíram 11,7% em relação ao verificado em 2022.

O saldo comercial de 2023 ficou acima das projeções do governo. A Secex, que está ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), projetava superávit de 93 bilhões de dólares para o saldo anual, em estimativa informada em outubro, com exportações de 334,2 bilhões de dólares e importações de 241,1 bilhões de dólares.

Dezembro

Os dados da Secex mostraram ainda que o saldo comercial acumulado em dezembro foi de 9,360 bilhões de dólares.

O desempenho foi resultado de exportações de 28,839 bilhões de dólares, contra importações de 19,479 bilhões de dólares.

Pesquisa da Reuters com economistas apontava expectativa de saldo positivo de 7,800 bilhões de dólares para o período.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.