Home Empresas Burger King terá que explicar na Justiça por que Whooper parece 35% maior nas propagandas

Burger King terá que explicar na Justiça por que Whooper parece 35% maior nas propagandas

Burger King deve se defender contra a alegação de que sua representação do sanduíche nos cardápios das lojas engana os clientes

por Reuters
0 comentário
Burger King Burguer

Um juiz dos Estados Unidos rejeitou a tentativa do Burger King (BK) de arquivar uma ação judicial alegando que a empresa enganou clientes ao fazer seu sanduíche Whopper parecer ser maior do que realmente é.

O juiz distrital de Miami, Roy Altman, disse que o Burger King deve se defender contra a alegação de que sua representação do sanduíche nos cardápios das lojas engana os clientes, o que equivale a uma quebra de contrato.

Os clientes na ação coletiva proposta acusaram o Burger King de retratar hambúrgueres com ingredientes que “transbordam do pão”, fazendo parecer que os sanduíches são 35% maiores e contêm mais que o dobro da carne que a rede serve.

O Burger King, unidade da Restaurant Brands International, argumentou que não é obrigado a entregar hambúrgueres que se parecem “exatamente como na imagem”, mas o juiz disse que cabe aos jurados “nos dizer o que as pessoas ​​pensam”.

Altman também permitiu que os clientes prosseguissem com acusações baseadas em negligência e enriquecimento sem causa (Imagem: Reprodução/Facebook/Burguer King)
Altman também permitiu que os clientes prosseguissem com acusações baseadas em negligência e enriquecimento sem causa (Imagem: Reprodução/Facebook/Burguer King)

Em sua decisão tornada pública na sexta-feira, Altman também permitiu que os clientes prosseguissem com acusações baseadas em negligência e enriquecimento sem causa.

Ele rejeitou as reivindicações apoiadas em anúncios de TV e online, não encontrando nenhum em que o Burger King prometesse um “tamanho” de hambúrguer ou peso de carne e não o entregasse.

A empresa e seus advogados não responderam imediatamente aos pedidos de comentários nesta terça-feira. O advogado dos autores não estava imediatamente disponível para comentar. Os esforços anteriores para mediar um acordo não tiveram sucesso.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.