Home Agronegócio Cacau ganha 3% em Nova York e renova recorde, açúcar bruto também sobe

Cacau ganha 3% em Nova York e renova recorde, açúcar bruto também sobe

O cacau em Nova York fechou em alta de 308 dólares, ou 3,3%, para 9.614 dólares a tonelada métrica

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Freepik/@freepik)

Os contratos futuros de cacau da negociados na ICE em Nova York ganharam mais de 3% na segunda-feira, atingindo um novo recorde, já que o mercado do ingrediente para fabricação de chocolate continua apoiado por uma perspectiva de oferta limitada, enquanto o açúcar bruto também fechou em alta.

Não houve negociações para o cacau, café robusta e o açúcar branco em Londres na segunda-feira, devido a um feriado em Londres.

Cacau

O cacau em Nova York fechou em alta de 308 dólares, ou 3,3%, para 9.614 dólares a tonelada métrica, depois de atingir uma máxima de 9.806 dólares.

Os comerciantes disseram que o mercado continuou a ser sustentado pela queda da produção na África Ocidental, o que está levando a uma disponibilidade muito limitada de produtos para a indústria global de chocolate.

(Imagem: Freepik/@freepik)
(Imagem: Freepik/@freepik)

A falta de chuva e o sol forte na maioria das principais regiões produtoras de cacau da Costa do Marfim na semana passada podem prejudicar a safra intermediária de abril a setembro, disseram os agricultores na segunda-feira.

Café

O café arábica de maio subiu 2,95 centavos, ou 1,6%, a 1,918 dólar por libra-peso, depois de ter atingido o maior valor em duas semanas e meia, a 1,9270.

Os negociantes disseram que os preços do café arábica estavam sendo influenciados positivamente por uma situação de oferta apertada no mercado do café robusta, com o Vietnã e a Indonésia não conseguindo fornecer produto suficiente ao mercado e o Brasil ainda não tendo iniciado a colheita da safra de 2024.

(Imagem: Reprodução/Freepik/@wirestock)
(Imagem: Reprodução/Freepik/@wirestock)

Açúcar

O açúcar bruto de maio fechou em alta de 0,2 centavo, ou 0,9%, a 22,72 centavos de dólar por libra-peso, tendo atingido o valor mais alto desde o final de fevereiro, 22,91 centavos.

O clima secou na região centro-sul do Brasil após as chuvas da semana passada, portanto, é provável que mais usinas iniciem suas operações de processamento de cana-de-açúcar para a temporada.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.