Home Economia e Política Canadá estende proibição de imóveis estrangeiros

Canadá estende proibição de imóveis estrangeiros

O Canadá enfrenta uma crise de acessibilidade à habitação, que tem sido atribuída ao aumento de imigrantes e estudantes internacionais procurando moradias

por Reuters
0 comentário

O Canadá anunciou neste domingo que estendeu por mais dois anos a proibição para estrangeiros serem proprietários de moradias canadenses, dizendo que a medida visa a resolver o problema dos canadenses que são excluídos dos mercados imobiliários em cidades e vilas de todo o país.

O Canadá enfrenta uma crise de acessibilidade à habitação, que tem sido atribuída ao aumento de imigrantes e estudantes internacionais procurando moradia, ao mesmo tempo que o aumento dos custos também diminuiu a intensidade da indústria da construção civil.

“Como parte do uso de todas as ferramentas possíveis para tornar a habitação mais acessível para os canadenses, a proibição da propriedade estrangeira de moradias canadenses, que atualmente expira em 1º de janeiro de 2025, será estendida até 1º de janeiro de 2027”, disse a vice-primeira-ministra canadense Chrystia Freeland em comunicado.

No mês passado, o Canadá anunciou um limite de dois anos para as autorizações de estudantes internacionais e disse que também deixaria de conceder autorizações de trabalho a alguns estudantes após a formação, numa tentativa de controlar o número recorde de recém-chegados ao país, o que agrava a crise imobiliária.

O rápido crescimento populacional alimentado pela imigração botou pressão sobre serviços como saúde e educação, e ajudou a aumentar os custos de moradia. Estas questões pesaram sobre o apoio do primeiro-ministro liberal, Justin Trudeau, com as sondagens eleitorais mostrando que ele perderia uma próxima eleição se o pleito ocorresse agora.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.