dinheirama-post-carro-leandroNos últimos anos, tenho escrito artigos para o Dinheirama sobre o assunto envolvendo carros e finanças. Considerando o fato de que temos os carros mais caros do mundo no Brasil, tanto para comprar como para manter, é necessária bastante cautela nas decisões que envolvem os veículos.

Além de caros, muitos dos nossos automóveis não apresentam um bom padrão de segurança, tema que foi recorrente nas minhas análises. Essa falta de segurança é ainda mais acentuada no segmentos dos populares.

Contudo, algumas notícias e acontecimentos recentes foram positivos e melhoram, ainda que de forma tímida, esse cenário.

O primeiro fato foi a obrigatoriedade de air bags e freios ABS em todos os carros nacionais a partir do começo deste ano. Com isso, alguns (nem todos) veículos jurássicos tiveram que, finalmente, sair de linha.

Mas, como já dissemos anteriormente, a mera adoção desses itens não torna os carros seguros. Afinal, o principal aspecto a ser considerado é a estrutura de absorção de impactos.

A respeito deste último componente, também tivemos novidades. No ano passado, já foram dados os primeiros sinais de melhorias nos populares, com o primeiro resultado de “quatro estrelas” (das cinco possíveis), alcançado por um desses veículos no teste de colisão promovido pelo Latin Ncap.

Em 2014, porém, tivemos um acontecimento inédito, com um popular recém-lançado alcançando as “cinco estrelas”. O veículo que teve esta nota foi o Volkswagen Up!.

Por conta deste resultado, muitas pessoas têm me perguntado: “Então, o negócio é comprar o ‘Up!’?”. Antes de comentar a resposta que tenho dado, gostaria de falar um pouco a respeito do “Efeito Halo”, mencionado no título, e o porquê você deve tomar cuidado com ele.

No livro “A Arte de Pensar Claramente”, Rolf Dobelli traz a seguinte definição: “Segundo o efeito halo, deixamo-nos ofuscar por um aspecto e, a partir dele, deduzimos a imagem completa. Fala-se aqui em “halo” no sentido de círculo luminoso em torno de uma figura sagrada”.

Em outras palavras, pode-se entender que se trata da nossa inclinação de julgar algo tomando por base apenas um ou alguns aspectos, sem analisar todos os pontos que seriam necessários para uma eficiente conclusão.

Tendo em vista esses aspectos, a resposta que procuro dar, em relação ao veículo anteriormente citado, é: “A análise do fator segurança deve ser prioritária. Mas, para escolher qual carro comprar, não basta que ele seja seguro. Afinal, existe uma série imensa de outros fatores, técnicos e financeiros, que precisam ser observados com atenção”.

Para ilustrar essa situação, lembro do caso do Ford Ecosport, que também teve a nota de 5 estrelas no crash test do Latin Ncap. Contudo, recentemente, acabou obtendo uma avaliação negativa no teste, de longa duração, realizado pela revista 4 Rodas.

Realmente, a escolha de um carro para comprar é algo que merece muita pesquisa e planejamento, considerando uma visão ampla em relação ao veículo e às finanças. Isso é relevante porque arrependimentos futuros podem gerar muitos transtornos e custam caro.

Afinal, para que ocorra uma compra inteligente, fatores como as necessidades e prioridades, a qualidade técnica do veículo, os impactos financeiros envolvidos e os aspectos relativos à segurança precisam ser conciliados com os desejos do comprador.

No meu trabalho como consultor automotivo pessoal, procuro justamente fazer uma análise ampla e profunda, antes de recomendar os carros mais apropriados para o perfil de cada pessoa.

Aliás, considerando o conhecimento e as experiências que tenho acumulado, estou escrevendo atualmente um livro a respeito desse tema. A minha intenção é criar um guia eficiente para que as pessoas possam saber quais são os passos essenciais no processo de escolha dos seus carros, pensando também no bolso.

Por conta disso e para cobrir o máximo de dúvidas possíveis, convido você, leitor e leitora, a mencionar, por favor, nos comentários abaixo quais são as principais dificuldades que vocês enfrentam na hora de escolher qual carro comprar. Se preferirem, podem enviar por e-mail para: [email protected].

Certamente, vou ler com toda atenção e levarei em conta as opiniões de vocês na elaboração do livro. Aliás, para saber informações e novidades a respeito do lançamento, desde já, sugiro que curtam a página no Facebook ou nos sigam no Twitter.

Obrigado pela atenção, um grande abraço e até a próxima!

PS: Pensando nas pessoas que dão valor ao seu dinheiro e querem escolher bem os seus carros, foi publicado o livro digital Como Escolher o seu Carro Ideal (clique para detalhes), de minha autoria, que apresenta um roteiro completo para a definição de qual carro comprar, de acordo com o perfil de cada consumidor. Convido você a conhecer mais detalhes do livro clicando aqui.

PPS: Para ajudar você a controlar melhor os gastos crescentes com seu carro no dia a dia, eu também elaborei uma planilha completa e de fácil preenchimento, que pode ser baixada (gratuitamente) no seguinte link: http://bit.ly/PlanilhaCarro

Foto Shutterstock. Man driving his car.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários