Maio é conhecido como o mês das noivas. É nessa época que costuma acontecer a maioria dos casamentos e as cerimonias marcadas para os dias deste período costumam ser agendadas com bastante antecedência, tamanha é a procura nas igrejas e templos.

Ao longo de nossa trajetória militando diariamente na educação financeira, encontramos muitos casais que começaram a escrever uma verdadeira história de amor e cumplicidade desde o momento em que decidiram se casar. Ficamos felizes por e com eles.

Também é verdade que muitos casais que tinham tudo para viver uma vida plena e rica acabaram por ver o sonho ruir a partir da negligência do planejamento financeiro.

A verdade é que o amor é o que une, mas a forma como os casais lidam com a organização financeira é, sem dúvidas, um dos componentes mais importantes para que a vida a dois não se transforme em uma experiência traumática.

Comece do começo, sem pular etapas

Tão importante como a decisão de casar é ter certeza do que realmente significa “unir as escovas de dentes”. Por isso, o período de namoro e noivado são tão importantes para que os noivos realmente consigam conhecer as características pessoais e familiares do par.

Cuidado, não estamos afirmando que seu casamento deve tratado como um negócio. Antes de tudo, casar significa criar um compromisso em busca do sonho de criar uma família e prosperar como tal.

Recentemente lançamos o eBook gratuito “O Casamento dos Seus Sonhos” (clique aqui para download), cujo objetivo é ajudar os noivos a planejarem o casamento dos sonhos. O material tem o propósito de mostrar como não transformar um dos momentos mais significativos da vida em um pesadelo para o bolso.

7 passos para planejar (e realizar) o casamento dos sonhos

No eBook  “O Casamento dos Seus Sonhos” (clique e conheça) abordamos alguns passos importantes para quem está preparando o terreno para o grande momento. Criamos um checklist que serve de base para o planejamento do casamento: são 7 passos fundamentais para facilitar a vida dos noivos e garantir um início de casamento sem problemas financeiros:

  1. Antes de começar, defina um valor;
  2. Tenha uma reserva de emergência;
  3. Faça uma lista realista de convidados;
  4. Faça lista de tudo o que precisa ser contratado;
  5. Faça contrato (e leia tudo) com todos os fornecedores;
  6. Negocie descontos e condições de pagamento (Sempre!);
  7. Aceite ajuda de amigos para economizar na festa.

Você não precisa gastar muito para ser feliz

No eBook “O Casamento dos Sonhos” (clique e baixe gratuitamente) o leitor encontrará um guia completo, com 12 dicas para planejar o casamento dos sonhos sem gastar muito.

O material propõe uma reflexão importante em relação a questões que fazem parte do universo ligado a vida a dois: comprar ou alugar, lua de mel, lista de presentes, orçamento, entre outros, são alguns dos temas abordados no material criado com todo carinho e atenção para que a vida a do casal seja efetivamente feliz e sem problemas financeiros.

Conclusão

Casar e construir uma família é sem dúvida o passo mais importante da vida adulta. Nem sempre os casais optam por uma cerimônia ou mesmo uma festa em grande estilo, e por aqui não achamos isso tão importante. O fundamental é a possibilidade de passar boa parte da vida com alguém que sonhe com você e construa um futuro melhor.

O amor é o sentimento catalisador que será a base para tudo, mas quando não alimentado diariamente, o amor, como tudo na vida, pode acabar. O desgaste produzido por uma realidade financeira desastrosa pode ser fatal, algo capaz de bombardear e minar o amor de forma devastadora.

O eBook “O Casamento dos Seus Sonhos” é um presente do Dinheirama para quem acredita no amor, na vida a dois e nas possibilidades de viver intensamente (mas com dinheiro no bolso e inteligência financeira).

As coisas que realmente são importantes na vida não costumam ser caras! Tudo sempre depende do nosso envolvimento enquanto família. Portanto, lembre-se: cuidar bem do dinheiro também é um ato de amor. Até a próxima!

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários