Home Empresas Casino propõe compra de participação do GPA na Cnova

Casino propõe compra de participação do GPA na Cnova

A companhia brasileira afirmou que montou um comitê formado pelos três membros independentes do conselho de administração para avaliar e negociar os termos com o Casino.

por Reuters
3 min leitura

 O GPA (PCAR3) anunciou nesta sexta-feira que seu controlador, o francês Casino, propôs início de negociações para compra da participação indireta detida pelo grupo de varejo brasileiro na empresa de comércio eletrônico Cnova, segundo fato relevante ao mercado.

O GPA, dono da bandeira Pão de Açúcar, afirmou que o Casino propõe acertar a compra por meio de uma unidade da empresa por um preço a ser definido com base “em metodologias usuais de avaliação financeira”. O GPA detém indiretamente 34% do capital da Cnova.

A companhia brasileira afirmou que montou um comitê formado pelos três membros independentes do conselho de administração para avaliar e negociar os termos com o Casino.

O anúncio ocorreu no mesmo dia em que o Casino obteve na França período de suspensão de pagamento de obrigações de dívida de unidades da empresa e um dia depois que a bolsa de Paris anunciou a saída das ações da empresa do SBF-120, índice que reúne as maiores companhias listadas no mercado, em 15 de setembro.

Em julho, o Casino fez acordo com o bilionário tcheco Daniel Kretinsky para reestruturação de sua dívida.

O GPA afirmou que o comitê terá auxílio de “assessores legais e financeiros independentes” contratados para avaliar a proposta do Casino, “inclusive para emissão de ‘fairness opinion'”.

Veja o documento

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.