Home Empresas ChatGPT ainda não atende a padrões de precisão de dados da UE

ChatGPT ainda não atende a padrões de precisão de dados da UE

Os resultados fornecidos pelo ChatGPT provavelmente serão considerados realmente precisos pelos usuários finais

por Reuters
0 comentário

Os esforços da OpenAI para produzir menos resultados falsos do seu chatbot ChatGPT não são suficientes para garantir a total conformidade com as regras de dados da União Europeia, disse uma força-tarefa do órgão de vigilância da privacidade da UE.

“Embora as medidas tomadas para cumprir o princípio da transparência sejam benéficas para evitar interpretações errôneas dos resultados do ChatGPT, elas não são suficientes para cumprir o princípio da precisão dos dados”, disse a força-tarefa em um relatório divulgado em seu site nesta sexta-feira.

O órgão que une os vigilantes nacionais da privacidade da Europa criou a força-tarefa no ChatGPT no ano passado, depois que reguladores nacionais liderados pela autoridade italiana levantaram preocupações sobre o serviço de inteligência artificial amplamente utilizado.

A OpenAI não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

As várias investigações lançadas pelos órgãos nacionais de vigilância da privacidade em alguns Estados-membros ainda estão em curso, afirma o relatório, acrescentando que, portanto, ainda não foi possível fornecer uma descrição completa dos resultados.

As conclusões deveriam ser entendidas como um “denominador comum” entre as autoridades nacionais.

A exatidão dos dados é um dos princípios orientadores do conjunto de regras de proteção de dados da UE.

“De fato, devido à natureza probabilística do sistema, a atual abordagem de formação conduz a um modelo que também pode produzir resultados tendenciosos ou inventados”, afirma o relatório.

“Além disso, os resultados fornecidos pelo ChatGPT provavelmente serão considerados realmente precisos pelos usuários finais, incluindo informações relacionadas a indivíduos, independentemente de sua precisão real.”

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.