Home Empresas Chefe de órgão antitruste alemão diz que IA pode aumentar domínio das Big Techs

Chefe de órgão antitruste alemão diz que IA pode aumentar domínio das Big Techs

Mundt afirmou que o campo ainda está aberto para a competição, mas os reguladores precisam garantir que ele permaneça assim

por Reuters
0 comentário

O chefe do órgão de combate a cartéis da Alemanha alertou que a inteligência artificial (IA) pode aumentar o poder de mercado das gigantes de tecnologia, também chamadas Big Techs, e que os reguladores devem estar atentos a qualquer comportamento anticompetitivo.

Os comentários de Andreas Mundt destacam as preocupações regulatórias de que as gigantes da tecnologia, com suas vastas quantidades de dados de usuários, podem obter uma vantagem competitiva na nova tecnologia usada em casas inteligentes, buscas na web, publicidade online, automóveis e muitos outros produtos e serviços.

O Google, da Alphabet, e a Microsoft recentemente se tornaram rivais em inteligência artificial, com a Microsoft investindo pesadamente na OpenAI e o Google construindo o chatbot de IA Bard, entre outros investimentos.

O aumento da popularidade da IA levou governos em todo o mundo a tentar impor regras para o uso dessa tecnologia, com a União Europeia numa corrida para adotar suas regulações de IA até o final do ano.

“Para nós, como autoridade de competição, é crucial que essa nova tecnologia não fortaleça ainda mais o domínio das grandes corporações”, disse Mundt em entrevista à Reuters na sexta-feira.

“O perigo é muito grande, porque você precisa de duas coisas acima de tudo para a IA: servidores poderosos e vastas quantidades de dados. As grandes corporações de internet têm ambos”, acrescentou.

Mundt afirmou que o campo ainda está aberto para a competição, mas os reguladores precisam garantir que ele permaneça assim.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.