Temos escrito bastante sobre  dívidas aqui no Dinheirama. E não é por menos, o endividamento das pessoas  tem se elevado nos últimos meses e  por conta disso muitas famílias caminham rumo a ruína. Por aqui não temos medido esforços para levar cada vez mais conteúdo gratuito para te ajudar a colocar as finanças em ordem.

Quando a renda cai, seja lá qual for o motivo, são poucas as pessoas que conseguem rapidamente ajustar seus gastos para se adequarem à nova realidade. A maioria segue em frente, gastando o mesmo que antes, e fazendo uso dos empréstimos para completar o que falta. Em outros casos o problema é a ausência total de qualquer tipo de controle financeiro, o que aumenta muito os riscos, pois o maior vilão deste cenário, costuma ser o cartão de crédito, que quando utilizado sem planejamento, cria dívidas cada vez maiores.

Saindo das dívidas para se tornar um investidor

Pensando em como auxiliar aqueles que se encontram presos nas dívidas, a Empiricus, nossa parceira de conteúdo, criou mais um dos conhecidos e ótimos relatórios. Desta vez, o material apresenta 8 passos decisivos para sair das dívidas e se tornar um investidor, e todo o conteúdo foi preparado pela equipe do canal de finanças pessoais da Empiricus, que se chama Criando Riqueza.

Basta você clicar aqui para ser direcionado para a página do Criando Riqueza, onde você poderá acessar este relatório de grande utilidade para você ou para seus amigos e familiares. O melhor de tudo é que o conteúdo é gratuito, você precisa apenas informar seu e-mail para receber o relatório.

Até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “debts and loans”, Shutterstock.

Criando Riqueza
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários