Home Economia e Política China deve manter taxas de empréstimo em maio

China deve manter taxas de empréstimo em maio

A China deve manter as taxas referenciais de empréstimos na segunda-feira, de acordo com uma pesquisa da Reuters

por Reuters
0 comentário

A China deve manter as taxas referenciais de empréstimos na segunda-feira, de acordo com uma pesquisa da Reuters, embora estejam crescendo as expectativas de um corte na taxa de hipotecas à medida que as autoridades se esforçam para impulsionar o setor imobiliário.

A taxa primária de empréstimos (LPR), normalmente cobrada dos melhores clientes dos bancos, é calculada todos os meses depois que 20 bancos comerciais designados apresentam propostas de taxas ao Banco do Povo da China.

A pesquisa com 33 observadores do mercado, realizada esta semana, revelou que 27, ou 82% de todos os entrevistados, esperam que as LPRs de um ano e de cinco anos permaneçam inalteradas.

Entre os outros seis entrevistados, quatro previram manutenção da LPR de um ano, mas uma redução de 5 a 20 pontos-base para a de cinco anos, enquanto os dois restantes projetaram cortes semelhantes em ambas as taxas.

A maioria dos empréstimos novos e pendentes na segunda maior economia do mundo é baseada na LPR de um ano, atualmente em 3,45%.

A LPR de cinco anos, que serve como taxa de referência para hipotecas, está em 3,95%, depois de um corte em fevereiro para sustentar o mercado imobiliário.

Na mais recente medida de apoio ao setor imobiliário, a China permitirá que as autoridades de governos locais comprem algumas casas a preços “razoáveis” para oferecer moradias acessíveis, informou a agência de notícias oficial Xinhua nesta sexta-feira.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.