Home Economia e Política China tem que desempenhar papel em reforma de regras da OMC, diz chefe comercial da UE

China tem que desempenhar papel em reforma de regras da OMC, diz chefe comercial da UE

"É importante o tipo de posição que a China assume nessas discussões", disse Dombrovskis à Reuters em uma entrevista

por Reuters
0 comentário

A China precisa desempenhar um papel construtivo nas negociações da Organização Mundial do Comércio para reformar as regras do comércio global sobre subsídios industriais ou corre o risco de que os rivais estabeleçam suas próprias políticas às custas da China, disse o chefe de comércio da União Europeia nesta segunda-feira.

Os ministros dos 164 membros da OMC se reunirão em Abu Dhabi para uma conferência bienal de 26 a 29 de fevereiro, com o objetivo de chegar a um acordo sobre as reformas do próprio órgão de comércio global, sobre o comércio eletrônico e sobre os subsídios para a pesca e a agricultura.

O comissário europeu de comércio, Valdis Dombrovskis, disse que a UE está interessada em conduzir o debate sobre política comercial e industrial, o que inclui permitir que os países menos desenvolvidos se industrializem e, ao mesmo tempo, limita o efeito distorcivo dos subsídios em outros lugares.

“É importante o tipo de posição que a China assume nessas discussões”, disse Dombrovskis à Reuters em uma entrevista.

Segundo ele, a China é indiscutivelmente o país que mais se beneficiou da OMC, o que significa que ela deveria estar interessada em preservá-la e pronta para enfrentar novos desafios.

“Se essas questões não forem resolvidas, diferentes países começarão a resolvê-las uma a uma, de acordo com seu próprio entendimento e dinâmica política”, disse ele, acrescentando que isso poderia ser mais prejudicial para a China, que é voltada para a exportação.

Não houve nenhum comentário imediato da China sobre suas falas.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.