O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, intimou Jair Bolsonaro (PSL) a comparecer ao debate que será promovido pela Rede Globo nesta quinta-feira (4).

“Aqui é uma democracia que vai sobreviver a você e eu vou tirar a sua máscara. Você não pode deixar de ir ao debate. Você está mentindo e atestado médico falso é crime. Vá ao debate da Globo e vou mostrar que você é uma cédula de três real (SIC)”, afirmou.

Ciro disse que recebeu ontem as regras do debate da emissora, que precisaram ser adaptadas após a confirmação de que Bolsonaro não vai participar. O candidato falou ainda que vai tentar processar os médicos por emitirem um atestado falso.

O candidato participou de ato no diretório do partido em São Paulo nesta quarta-feira (3).

Leia também: Bolsonaro cresce e atinge 32%

Nova pesquisa Datafolha: Crescimento de Bolsonaro

Ele não quis comentar sobre a nova pesquisa Datafolha, em que segue estagnado com 11% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro chegou a 32%, mas fez uma análise sobre os atos contra o candidato.

Ciro voltou a fazer um apelo contra o voto útil, dizendo que o voto não pode ser transferido para os institutos de pesquisa, que tentam antecipar uma decisão que não está tomada.

Ele também voltou a dizer que num país em que até congressista se vende, não é possível garantir que não haja desvios no levantamento dos dados.

Apesar de dizer que a mobilização de mulheres, que usou a hashtag #Elenao, foi a coisa mais linda que esse país já viu, Ciro afirmou que o movimento acabou alimentando o cenário de polarização no país.

Ciro disse que o uso do slogan foi o erro do movimento, que levou as mulheres, mas não para defender seus candidatos.

“Quando dizemos ‘Ele não’ estamos dando a ele o Centro da preferência”, afirmou.

“Não tem ele não na urna. O que tem na urna é 12 e 12”, afirmou, citando ainda o número de Fernando Haddad (PT) e Marina Silva (Rede) e chamando a população para ir às ruas defender seu candidato.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários