Home Empresas Clientes do Nubank podem usar dados da instituição bancária para acessar GOV.BR

Clientes do Nubank podem usar dados da instituição bancária para acessar GOV.BR

Além do Nubank, também é possível ter uma conta prata com o login a partir das outras treze instituições financeiras já credenciadas

por Agência Gov
0 comentário

Nubank (ROXO34NU) é 14º banco a fazer um acordo com Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) para simplificar o acesso ao GOV.BR. 

A medida foi possível pela adesão da instituição ao pacto do MGI com a Associação Brasileira de Bancos (ABBC). 

Assim, os cerca de 88 milhões de clientes do banco já podem utilizar os seus dados de login de internet banking para ter uma conta prata. 

A integração entre as duas plataformas foi realizada nesta quinta-feira (2/5). 

“Atualmente, temos mais de 4.200 serviços disponíveis no GOV.BR, todo eles disponíveis para aqueles que têm uma conta prata. 

Ao utilizar o login de sua instituição bancária, o usuário já passa a ter uma conta nesse nível automaticamente, e por isso, esse acordo é importante, pois facilita para os cidadãos, explica o secretário de Governo Digital, Rogério Mascarenhas

Atualmente, o GOV.BR é utilizado por mais de 155 milhões de brasileiros. Entre os serviços disponíveis na plataforma estão a Assinatura GOV.BR, Prova de Vida, aberturas de empresas, Meu SUS Digital, ENEM, Fies, Carteira Digital de Trânsito, Sougov (exclusivo para servidores públicos federais), eSocial e documentos militares.

Nubank
(Imagem: Dinheirama)

Também é possível verificar a possibilidade de receber o abono salarial, emitir certidão de regularidade fiscal, atualizar CPF e até buscar emprego no Sistema Nacional de Emprego (Sine).

Além do Nubank, também é possível ter uma conta prata com o login a partir das outras treze instituições financeiras já credenciadas.

São elas: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco de Brasília, Caixa Econômica, Sicoob, Santander, Itaú, Agibank, Sicredi, Mercantil do Brasil e PicPay /Original e BTG Pactual. Também é possível ter uma conta prata pela biometria facial com a CNH ou sendo servidor público federal.

Já para ter o máximo de segurança, é preciso ter uma conta ouro. Para esse nível, é preciso fazer o reconhecimento facial com base nos dados da Justiça Eleitoral ou pelo QR Code da Carteira de Identidade Nacional (CIN) ou, ainda, a partir de um certificado digital compatível com a ICP-Brasil.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.