Home Agronegócio CNPE aprova mistura de 14% de biodiesel no diesel a partir de março de 2024

CNPE aprova mistura de 14% de biodiesel no diesel a partir de março de 2024

A proposta atende a pedidos do setor produtivo que lida com elevada capacidade ociosa de biodiesel

por Reuters
3 min leitura

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou nesta terça-feira uma proposta de antecipação da mistura de biodiesel no diesel para 14% já a partir de março de 2024, versus 13% previstos no cronograma oficial para o ano que vem, disse o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, a jornalistas após a reunião do órgão ministerial de aconselhamento ao presidente da República.

A proposta atende a pedidos do setor produtivo que lida com elevada capacidade ociosa de biodiesel.

Essa mistura maior de 14% de biodiesel, que estava prevista para entrar em vigor em 2025, deverá beneficiar o setor de soja, cujo óleo responde por cerca de 70% da matéria-prima utilizada na fabricação do biocombustível no país.

O ministro disse ainda que em 2025 o Brasil deverá passar a misturar 15% de biodiesel no diesel, mistura esta que estava prevista para 2026.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.