Home Agronegócio Colheita de milho do Brasil avança mais lentamente com chuvas, diz Pátria AgroNegócios

Colheita de milho do Brasil avança mais lentamente com chuvas, diz Pátria AgroNegócios

O Paraná, segundo produtor de milho do Brasil, ainda tem 35% de sua safra para ser colhida

por Reuters
0 comentário
O ritmo dos trabalhos na média do Brasil segue atrás dos 89,22% registrados na mesma época do ano passado (Imagem: Reprodução/Freepik/@wirestock)

A colheita de milho segunda safra do Brasil na temporada 2022/23 atingiu 82,77% da área total até esta sexta-feira, avanço semanal de menos de cinco pontos percentuais, com chuvas afetando os trabalhos de campo, de acordo com avaliação da consultoria Pátria AgroNegócios.

Segundo o diretor da consultoria, Matheus Pereira, a colheita vinha avançando “muito bem até a reta final de conclusão do centro-norte do Brasil”. Mas chuvas no centro-sul limitaram os trabalhos recentemente.

“Agora no centro-sul os números estão decepcionando. O excesso de chuvas tem sido um grande impeditivo de manter a qualidade das lavouras em campo, já com maturação completa e incapazes de serem retiradas”, avaliou Pereira.

Dados do terminal da Refinitiv mostram que o Mato Grosso do Sul teve chuvas acima da média nos últimos sete dias. O oeste e sudoeste do Paraná também foi atingido por precipitações no período.

O Paraná, segundo produtor de milho do Brasil, ainda tem 35% de sua safra para ser colhida, enquanto resta ao Mato Grosso do Sul colher 29% das lavouras, segundo a consultoria.

O ritmo dos trabalhos na média do Brasil segue atrás dos 89,22% registrados na mesma época do ano passado, segundo a consultoria, que aponta também uma média para os últimos anos nesta época de 88,73%.

A consultoria disse em relatório que as chuvas no centro-sul seguem sendo o principal ponto de atenção para os próximos sete dias.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.